Brasil busca medalha no Skate Park masculino dos Jogos Olímpicos de Tóquio nesta quarta (4)

Os três brasileiros classificados para a prova estão no Top-10 do ranking mundial do esporte

Pedro Barros em ação no Skate Park
Legenda: Pedro Barros é o brasileiro com mais títulos no cenário mundial de Skate Park e uma aposta de medalha
Foto: Carl de Souza / AFP

O Brasil retoma as disputas no Skate Park nesta quarta-feira (4) e busca medalhas nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Após ficar fora do pódio no feminino, o país aposta nos homens para faturar medalhas na modalidade que estreia nas Olimpíadas.

A classificatória masculina tem início às 21h (de Brasília), com final disputada às 0h30 de quinta (5). A prova ocorre no Parque Ariake Urban Sports, em Tóquio.

Representantes brasileiros no Skate Park masculino

Imagem com Luiz Francisco, Pedro Barros e Pedro Quintas reunidos em foto
Legenda: Luiz Francisco, Pedro Barros e Pedro Quintas são os representantes brasileiros no Skate Park masculino
Foto: divulgação / CBSk

  • Pedro Barros: Veterano da equipe brasileira nas Olimpíadas com 26 anos, é o 4º do ranking global e acumula inúmeros títulos na carreira como o Mundial de Skate Park e o hexa nos X-Games.
  • Luiz Francisco: primeiro skatista do país classificado às Olimpíadas, tem 20 anos e está em 3º no ranking global. Em 2019, foi vice-campeão do Mundial realizado em Nanjing, na China.
  • Pedro Quintas: com 19 anos, o maior feito foi a medalha de bronze no último Mundial da modalidade. No ranking global, ocupa a 10ª posição e está entre as principais revelações do esporte.

Circuito e regras

No Skate, a categoria Park é diferente da Street, que rendeu as medalhas de prata com Rayssa Leal e Kelvin Hoefler. Sem obstáculos de rua, os atletas realizam manobras de uma espaço parecido com uma piscina profunda e vazia. O cenário possui curvas e uma estrutura no centro.

Assim, os skatistas podem atingir grandes alturas ao deslizar pelo “bowl”, como são denominadas as paredes do circuito. O objetivo é usar esses itens com ações de habilidade também no ar.

Sakura Yosozumi em ação nos Jogos Olímpicos de Tóquio
Legenda: A japonesa Sakura Yosozumi, de 19 anos, foi ouro no Skate Park feminino
Foto: Loic Venance / AFP

No regulamento, cada atleta tem três chances de pontuação, percorrendo a prova por 45 segundos em cada tentativa. Os valores são distribuídos de 0 a 100 e o maior é contabilizado como a nota final.

Ao término das baterias de eliminatória, os oito competidores com melhor pontuação avançam. A decisão segue o mesmo padrão de regras, com o líder ficando com a medalha de ouro.

 
Quero receber conteúdos exclusivos de esporte