Advogados de DJ Ivis pedem à Justiça substituição da prisão preventiva por medidas cautelares

Para defesa, medidas são possíveis em razão de Ivis não ter histórico de processos criminais

DJ Ivis YouTube
Legenda: DJ Ivis foi preso nessa quarta-feira (14) por agressões a ex-esposa Pamella Holanda.
Foto: Reprodução YouTube

A defesa de DJ Ivis solicitou à Justiça, nesta quinta-feira (15), que a prisão preventiva do produtor musical seja convertida em aplicação de medidas cautelares. O produtor musical foi preso nessa quarta-feira (14) por agressões a ex-esposa Pamella Holanda.

O pedido de revogação da prisão foi feito pelos advogados André Quezado e Igor Pinheiro e confirmado ao Diário do Nordeste na noite desta quinta. 

De acordo com André Quezado, as medidas cautelares podem ser aplicadas pelo fato de Ivis "não ter histórico de processos criminais". 

"Fora esse fato [agressões à Pamella], ele não tem nenhum processo. Então, seria plausível medidas como o comparecimento mensal, não se ausentar da comarca e até monitoramento eletrônico", afirma.

Ainda conforme Quezado, a defesa espera um parecer do Ministério Público do Estado (MPCE) ainda nesta semana. 

"Hoje não teve nenhuma novidade. Estávamos aguardando a marcação da audiência de custódia, mas não aconteceu. Continuamos sustentando a inocência", diz o advogado. 

"Último meio e mais grave"

DJ Ivis chegando preso na delegacia de Eusébio
Legenda: DJ Ivis chegou na Delegacia de Eusébio escoltado por policiais civis pouco antes das 18h
Foto: Ronaldo Gomes/TV Verdes Mares

Como já tinham afirmado mais cedo ao Sistema Verdes Mares, os advogados defendem que a prisão preventiva do paraibano por agressões a Pamella Holanda era o "último meio e mais grave" ato que deveria ter sido aplicado contra o cantor.

"Existe medidas cautelares diversas: existe tornozeleira eletrônica, existe a questão do afastamento do senhor Ivis em relação à senhora Pamella, e é isso que a defesa busca: uma medida que seja cabível ao caso", ressalta Quezado. 

Segundo ele, DJ Ivis cumpriu as medidas protetivas estabelecidas pelo poder judiciário logo após a expedição de documento. "A partir do momento que o caso veio à tona, o senhor Ivis já foi residir em outro local. Não teve contato com a ex-companheira e nem mesmo contato com a filha", ressalta.

A prisão não trata o mérito da causa, se é culpado ou inocente, mas sim uma questão de queria seria um risco para garantia da ordem pública, caso o senhor Ivis estivesse em liberdade.
André Quezado
Advogado de defesa de DJ Ivis

André Quezado comenta ainda que DJ Ivis está "totalmente abalado" pela "situação em que se encontra". "É um quadro que para quem é leigo é como se fosse um quadro depressivo".

DJ Ivis preso

A prisão preventiva de Iverson de Souza Araújo, 30, foi anunciada pelo governador Camilo Santana, na tarde desta quarta-feira (14). O DJ foi preso em um condomínio de luxo em Aquiraz e levado à Delegacia Metropolitana do Eusébio.

Dj Ivis está dividindo cela com outros presos na Delegacia de Capturas e Polinter (Decap), em Fortaleza. "O inquérito será concluído em 10 dias. Para que na sequência o Ministério Público possa oferecer denúncia e (ele) pague pelos seus atos", declarou Sandro Caron titular da Secretaria da Segurança Pública (SSPDS), em entrevista coletiva nesta quinta.

 

Quero receber conteúdos exclusivos do É Hit