Ataques contra mesquitas deixam 49 mortos na Nova Zelândia 

O atirador de uma das mesquitas era um cidadão australiano, revelou em Sydney o primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison