Banco Pan confirma vazamento de dados de clientes

Instituição disse que uma 'fragilidade' na plataforma de um fornecedor de tecnologia permitiu o vazamento de informações de clientes

Cartões
Legenda: Banco Pan sofre vazamento de dados e possível extorsão
Foto: Divulgação

O banco PAN, controlado pela BTG Pactual, sofreu um vazamento de dados de clientes do segmento de cartões na madrugada desta sexta-feira (15), afetando cerca de 64 mil usuários. As informações são do site TecMundo

Conforme o site, o banco ainda estaria passando por uma possível tentativa de extorsão para que os dados não sejam publicados, informação repassada por uma denúncia anônima. 

Entre as informações vazadas, estão dados como nome completo, CPF, data de nascimento, endereço residencial, informações sobre cartões de crédito e número da conta mascaradas, saldo devedor e valor da fatura. As informações foram extraídas entre 01 de março e 20 de março. 

Em comunicado, a instituição financeira admitiu o problema e diz trabalhar para correção do problema.

“Detectamos recentemente uma fragilidade na plataforma de um fornecedor de tecnologia, utilizada na Central de Atendimento a clientes do segmento de cartões. Ativamos nossos protocolos de segurança, notificamos a empresa de software para imediata correção da vulnerabilidade e contratamos consultoria especializada independente para uma análise completa", disse. 

Dados que gerem risco não foram expostos, segundo banco

No entanto, o banco garante que dados completos de cartão, como senhas e outras informações que gerem risco, não foram expostos. 

“De acordo com a apuração em curso, já foi possível constatar que não houve comprometimento de conta corrente, indisponibilidade de sistema, ou invasão à infraestrutura do Banco, tendo sido confirmado, no entanto, que a exploração da vulnerabilidade permitiu a cópia não autorizada de dados cadastrais, de limite disponível e saldo devedor, sem que tenham sido expostos dados completos de cartão, senhas ou qualquer dado que incorra em risco financeiro direto para o cliente e para o banco. Reforçamos que a segurança das informações é nossa prioridade e todas as autoridades competentes foram notificadas", informou o banco.