Fiocruz entrega cerca de 3 milhões de doses de vacina contra Covid-19 ao Ministério da Saúde

Lote foi antecipado para quarta-feira (30), totalizando mais de 18 milhões de doses em junho

vacina oxford/fiocruz
Legenda: Lote com quase 3 milhões de doses do imunizante foi enviado nesta quarta-feira (30) ao governo federal
Foto: Gabriel Bouys/AFP

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) antecipou para esta quarta-feira (30) a entrega de quase 3 milhões de doses da vacina contra Covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca. As doses são distribuídas proporcionalmente entre os estados e o Distrito Federal. 

A previsão era de entregar o lote na sexta-feira (2), mas foi adiantada após liberação pelo setor de controle de qualidade. A Fiocruz já entregou 65,9 milhões de doses do imunizante ao Ministério da Saúde. 

Em junho, a fundação liberou mais de 18 milhões de doses. A previsão do ministério para julho é que sejam entregues mais 15 milhões de doses do imunizante. 

O contrato do Governo Federal prevê a entrega de mais de 200 milhões de doses do imunizante em 2021.

Dependência do IFA

A produção da vacina ocorre com Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) importado da China. Segundo a Fiocruz, há material garantido para entregas semanais até 23 de junho.

O órgão aguarda a antecipação do envio do insumo, para que não haja risco de paralisação das fábricas. A capacidade de produção é superior ao IFA disponível, segundo a Fiocruz. 

A Fundação tem contrato para a produção nacional do insumo, assinado em junho. A previsão é de que a entrega da vacina feita localmente ocorra a partir de outubro. Inicialmente, esse prazo era o início do segundo semestre.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil