Butantan entrega mais 1 milhão de doses de Coronavac ao Ministério da Saúde

Ainda nesta semana, o Instituto enviará outras duas remessas com dois milhões de doses da vacina

CORONAVAC
Legenda: Estados receberão as doses do imunizante de forma proporcional
Foto: Martin Bernetti/AFP

Uma nova remessa com um milhão de doses da CoronaVac foi entregue na manhã desta segunda-feira (14) ao Ministério da Saúde. Ao todo, o Instituto Butantan soma 49 milhões de doses contra a Covid-19 fornecidas ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). As vacinas serão distribuídas de forma proporcional aos estados. 

Essa é a segunda entrega feita somente neste mês de junho. Na última sexta-feira (11), foram 800 mil doses da vacina CoronaVac, como parte das 5 milhões de doses que o Butantan deve liberar até o próximo dia 30.

Nesta semana, devem ser realizadas mais duas entregas. Na próxima quarta (16), o Butantan deve realizar a entrega de mais um lote de 1 milhão e, na sexta (18), mais um lote.

Vacinação

No último domingo (13), Doria anunciou a vacinação de toda a população adulta no estado até o dia 15 de setembro, antecipando em um mês o cronograma divulgado na quarta-feira (9). A expectativa é que nos próximos meses toda a população entre 18 e 59 anos, estimada em 7,45 milhões de pessoas, receba pelo menos uma dose do imunizante contra Covid-19 até a primeira quinzena de setembro.

Doria afirmou que a antecipação do calendário foi possível devido ao planejamento e organização do Plano Estadual de Imunizações (PEI) do estado.

"Nos temos uma estrutura, uma capilaridade com mais de 5.000 postos de vacinação e o trabalho dos secretários de saúde dos municípios que permite essa boa campanha e organização da vacinação contra Covid-19 em SP."

No entanto, isso depende da chegada de IFA para produção das vacinas no país. A falta de matéria-prima já levou à paralisação da produção da Coronavac e do imunizante da Oxford/AstraZeneca em maio.

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil