Assalto em Araçatuba: carro adaptado para levar armamento de guerra é apreendido em São Paulo

Outros seis veículos, roubados de moradores durante a fuga do bando, foram apreendidos, entre eles uma Porsche

Assalto em Araçatuba: carro adaptado para levar armamento de guerra é apreendido em São Paulo
Legenda: Um dos automóveis estava com o vidro do passageiro adaptado para tiros serem disparados por armas de fogo de calibre .50, restrito às Forças Armadas
Foto: Arquivo pessoal

Sete carros usados pela quadrilha que atacou três agências bancárias em Araçatuba, no Noroeste de São Paulo, foram apreendidos na tarde desta segunda-feira (30), também no interior do Estado. Entre eles, um veículo adaptado para carregar armamento de guerra, de acordo com a Polícia Militar. As informações são do G1.

As equipes localizaram os automóveis entre as cidades de Bilac e Gabriel Monteiro. Um deles estava com o vidro do passageiro adaptado para tiros serem disparados por armas de fogo de calibre .50, que pode derrubar helicópteros e é restrito às Forças Armadas, segundo as composições.

"O veículo é de grande porte. Possivelmente, eles deixaram um calibre.50, que é uma arma de guerra, fixado em um tripé. O buraco serve para colocar o cano arma para o lado de fora. Os bandidos conseguem atirar na de dentro do carro. Eles ficam protegidos porque o veículo é blindado. Nós encontramos munições de .50, .762. e .556", explicou o capitão da PM Alexandre Tropaldi.

Também conforme a Polícia Militar, três dos sete carros apreendidos foram roubados de moradores durante a fuga, e havia um Porsche entre eles.

Assalto em Araçatuba: carro adaptado para levar armamento de guerra é apreendido em São Paulo
Legenda: Grupo fez um buraco no vidro para colocar fuzil
Foto: Arquivo pessoal

Ônibus abandonado

Os agentes também acharam perto do pedágio de Glicério, em São Paulo, um ônibus abandonado com tambores de gasolina.

A suspeita dos servidores públicos é de que o combustível tenha sido usado pelo grupo que atacou as agências bancárias para atear fogo em veículos na Rodovia Marechal Rondon.

Buscas estão sendo feitas para encontrar o bando, e o helicóptero Águia, da Polícia Militar de São José do Rio Preto, dá apoio à ocorrência. Nenhum envolvido havia sido preso até as 18h45 desta segunda-feira (30).

 

 
Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil