Apartamento de Dilma Roussef é arrombado em bairro nobre do Rio de Janeiro, diz colunista

Vizinhos notaram que a porta do imóvel havia sido forçada e chamaram a Polícia

Dilma Roussef
Legenda: A ex-presidente não é vista no endereço desde o início da pandemia da Covid-19, em 2020
Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

O apartamento que a ex-presidente Dilma Roussef mantém no bairro de Ipanema, Zona Sul do Rio de Janeiro, foi arrombado, conforme informações do colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo

Vizinhos que moram no edifício notaram no sábado (28) que a porta do imóvel havia sido forçada. O prédio, que fica a 200 metro da praia, tem porteiro 24 horas, mas não há informações de quando a tentativa de furto no imóvel aconteceu.  

A 14º Delegacia de Polícia, localizada no bairro Leblon, registrou o ocorrido. Como o apartamento está vazio, nada foi levado. A perícia realizou a análise do local no domingo (29).

Imagens do circuito interno de segurança foram solicitadas pela Polícia, que devem auxiliar os investigadores a identificar o autor do crime. Conforme a Polícia Civil do Rio afirmou ao jornalista, a investigação do caso está em curso. 

Dilma Roussef não é vista no edifício desde o início da pandemia da Covid-19, em 2020. O concerto da porta do endereço já foi providenciado. A ex-presidente passou o fim de semana em Porto Alegre, e nesta segunda-feira (30) viajou para São Paulo. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil