Câmara dos Deputados aprova abertura de impeachment contra presidente chileno

Com a decisão, o presidente está proibido de sair do país, mas pode continuar exercendo suas funções até que a acusação seja enviada ao Senado

A Câmara dos Deputados do Chile aprovou nesta terça-feira (9), após um debate de várias horas, o julgamento político contra o presidente Sebastián Piñera por seu vínculo com a polêmica venda da mineradora Dominga nas Ilhas Virgens, um paraíso fiscal, revelada no escândalo 'Pandora Papers'. Com aprovação do julgamento, o presidente está proibido de sair do país, mas pode continuar exercendo suas funções até que a acusação seja enviada ao Senado, que atuará como júri para definir o futuro de Piñera. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo