Fotografia comovente de pai e filho vitimados pela Guerra da Síria vence prêmio internacional

A fotografia eternizou o momento em que pai e filho sorriem, apesar de vivenciarem todo o drama inerente ao conflito armado

Os efeitos da dramática Guerra da Síria em contraste com os sorrisos de pai e filho. Estes estão entre os principais elementos capturados pela câmera do turco Mehmet Aslan no distrito de Reyhanli, na província de Hatay, fronteira com a Síria. 

Comovente, a imagem venceu a edição 2021 do prêmio internacional de fotografia Siena Photo Awards (Sipa), na Itália, após ser selecionada pelo júri entre outras dezenas de trabalhos enviados por profissionais de 63 países. 

Veja a imagem vencedora:

Foto do turco Mehmet Aslan mostra o pai levantando o filho para o alto, enquanto se apoia em uma muleta
Legenda: Fotografia do turco Mehmet Aslan foi considerada pelos jurados como “emocionalmente forte”
Foto: Mehmet Aslan/SIPA Contest

Pai e filho são vítimas da Guerra na Síria. Munzir al-Nazzal, o pai, perdeu a perna durante um bombardeio. Já Mustafa, de 5 anos, nasceu sem os membros superiores e inferiores devido a um problema congênito causado pelas medicações que sua mãe, Zeynep, foi obrigada a tomar após inalar gás tóxico durante o conflito armado.

O menino vai precisar de próteses especiais no futuro, mas as mesmas não estão disponíveis na Turquia, aponta a legenda da foto no site da premiação.

"Queríamos chamar a atenção para isso. Eu juro que fui de um hospital para outro. Não há uma cidade onde eu não tenha perguntado sobre o tratamento, mas não deu em nada. O menino sempre tem muita energia. O pai parece ter desistido", declarou Mehmet Aslan em entrevista ao jornal The Washington Post.

Imagem "emocionalmente forte"

Nomeada como "Dificuldades da vida", em tradução livre, a fotografia foi considerada pelos jurados como “emocionalmente forte”. A imagem fará parte de uma exposição na Itália ainda neste mês de outubro.

Na percepção de um dos 20 jurados do concurso, o fotógrafo Sergio Pitamiz, a imagem captada por Aslan é, "em seu drama, também um momento de alegria e felicidade para um pai e um filho que sobreviveram ao horror e a eventos que nós não podemos nem remotamente imaginar", declarou a um site australiano.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo