Que vitória!

Confira a coluna deste domingo (5) do comentarista Wilton Bezerra

Fortaleza e Flamengo disputam bola
Legenda: O Fortaleza venceu o Flamengo por 2 a 1 no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro
Foto: divulgação / Flamengo

Enorme atuação do Fortaleza na vitória sobre o Flamengo, no Maracanã.

Benevenuto e Landazuri lidaram, com vantagem, na marcação das estocadas de Bruno Henrique.

Zé Uelison (grande atuação, principalmente, no segundo tempo), Jussa e Ronald, saindo na caça, e Pikachu e Capixaba marcando e armando.

Capixaba fez uma soberba partida.

Roubadas de bola e pixotadas do Flamengo foram dando ao Fortaleza a condição de enfiar, no mínimo, uns três gols na primeira etapa.

Só fez um, com Robson, e cedeu o empate, aos 49 minutos.

No segundo tempo, o Flamengo utilizou, de cara, David Luiz, Tiago Maia e Vitinho.

Ganhou mais autoridade que no primeiro tempo, mas sem a eficiência para dobrar o Fortaleza.

Foi auxiliado pela "mandrakaria" de uma penalidade inexistente cometida por Benevenuto, aos três minutos.

Pedro meteu na trave de Boeck.

Logo a seguir, Vojvoda fez entrar Hércules e Moisés, para matar o jogo no contra- ataque.

Foi só o que deu: o garoto tramou com Moisés e fez o da vitória.

Um triunfo hercúleo, sem a menor dúvida.

Nas várias situações de jogo, o Fortaleza foi melhor que o Flamengo.

Só cometeu o pecado de não ter vencido com placar maior.

O tricolor começa a mostrar, de forma palpável (jogou bem e perdeu a maioria das partidas), que a atual posição na tabela não é o seu destino.

Benevenuto, Zé Uelison, Pikachu, Capixaba e Moisés (no segundo tempo) foram os gigantes do jogo.