Pikachu mandou bem

Confira a coluna desta quarta-feira (7) do comentarista Wilton Bezerra

Yago Pikachu e companheiros comemoram gol marcado na Copa do Brasil
Legenda: Yago Piakchu foi o "salvador" do dia com belo gol de falta
Foto: Thiago Gadelha

Fosse numa festa dançante, o repertório de Fortaleza 1x0 Ypiranga-RS, teria sido reprovado pela má qualidade.

Na primeira fase, a sobra favorável ao tricolor, de tão pequena, não lhe permitiu impor qualquer sofrimento aos gaúchos.

Em duas bolas lançadas por Robson, Vargas e Wellington Paulista sentiram o cheirinho de gol; sendo que na cabeçada de WP a bola tocou na trave.

Tentativa de romper nas jogadas de ataque, o Fortaleza só conseguia pelas escapadas de David pelo lado esquerdo.

Da moldura defendida por Felipe Alves, o ataque do Ypiranga não sentiu nem o cheiro, sobrevivendo apenas do sassarico de Jean Silva.

As modificações feitas por Enderson Moreira: Felipe, Crispim, Pikachu e Isaque acrescentaram um pouco mais de aceleração nas jogadas de ataque, o que gerou oportunidades (poucas) de gol.

Pode-se dizer que “a montanha sentiu as dores do parto, mas só pariu um raquítico camudongo”.

Só que o ratinho valeu a vitória, o direito de continuar na Copa e dinheiro no bolso do leão,

Aos 35 minutos, Pikachu mandou bem uma cobrança de falta com barreira e salvou o baile  das reclamações pelo repertório.

Aliás, jogando na frente e pisando constantemente na entrada de área adversária, o pequeno Pikachu iluminou o ambiente com sua habilidade.

Comparando-se a atuação que  Fortaleza teve contra o Bahia com a de.........deixa prá lá.