O empate teria sido mais camarada

Confira a coluna desta sexta-feira (8) do comentarista Wilton Bezerra

Atletas de Fortaleza e Colo-Colo disputam bola
Legenda: Fortaleza e Colo-Colo protagonizaram uma partida muito movimentada na Arena Castelão
Foto: Kid Júnior / SVM

O Colo-Colo estabeleceu-se com competência, no primeiro tempo, e tirou a bola do Fortaleza.

Avisou que abriria a contagem em duas oportunidades (em uma delas, Benevenuto salvou de maneira espetacular), até Lucero marcar o primeiro.

Os chilenos ganharam o meio-campo, com autoridade, e primaram pela variação no movimento de jogo.

Nas escassas chegadas do Fortaleza ao ataque, Moisés finalizou mal.

Na fase final, mesmo com o gol sofrido aos quatro minutos, o time de Vojvoda esboçou e consolidou reação.

Correndo o risco de dar o contra-ataque, o tricolor foi à luta, mandou o time chileno para a defensiva e à prática da catimba.

Entre a chance com Lucas Lima e, depois, com Moisés, o último sofreu claro pênalti, que o árbitro não marcou.

Kaiser diminuiu, aos 25 minutos, em passe de Pikachu.

A cabeçada de Benevenuto, que bateu no travessão já nos descontos, encerrou o um repertório de oportunidades que o Leão teve, para empatar o jogo.

Bem que o empate teria sido mais camarada para o time cearense.