Morre Didi dos Brasas, dono da banda Brasas do Forró

Aos 66 anos, ele faleceu em um hospital na capital cearense

Legenda: Didi dos Brasas morreu aos 66 anos
Foto: Arquivo Pessoal

Antônio Ivanildo Façanha Moreira, fundador da banda Brasas do Forró, morreu aos 66 anos, nesta terça-feira (27). Além de proprietário do grupo, Didi dos Brasas — como era conhecido no meio forrozeiro — ficou marcado no mercado musical pelo excelente trabalho como sanfoneiro

Ivanildo Tavares, filho do de Didi dos Brasas, revelou, com exclusividade à coluna, que o pai foi internado no dia 22 de junho, em um hospital privado de Fortaleza.

Veja também

"Ele teve umas complicações, um choque séptico. Ele vinha tratando algumas doenças. Evidentemente, teve que se internar por conta das complicações. O choque séptico aumentou e ele chegou a falecer", explicou o herdeiro do sanfoneiro. 

Didi dos Brasas do programa Forrobodó da TV Diário
Legenda: Didi dos Brasas do programa Forrobodó da TV Diário
Foto: Arquivo Pessoal

Brasas do Forró cancelou agenda de shows

O filho de Didi dos Brasas informou que o grupo de forró cancelou sete apresentações de São João para que os membros da banda possam prestar as últimas homenagens ao sanfoneiro em velório.

Conforme o filho de Didi dos Brasas, o velório será realizado pela madrugada de terça-feira (28), na sede da banda, no bairro Siqueira. 

Didi dos Brasas deixa quatro filhos. Dois deles seguem trabalhando na gestão da banda Brasas do Forró. 

Choque séptico é o resultado de uma infecção que se alastra pelo corpo, rapidamente, afetando vários órgãos e que pode levar à morte. O choque séptico pode afetar qualquer parte do organismo, como cérebro, coração, rins, intestinos e fígado. Os sintomas podem incluir: tontura; temperatura alta ou muito baixa; tremores; frequência cardíaca acelerada; falta de ar; pressão arterial baixa; palpitações; inquietação, letargia, agitação ou confusão; exantema cutâneo ou descoloração da pele. O choque séptico é uma emergência médica e, por isso, deve ser tratado como tal. As formas de tratamento são: cirurgia; líquidos por via intravenosa; medicamentos para pressão arterial; ventilação mecânica; monitoramento hemodinâmico.

Didi dos Brasas era de Canindé e formou os Brasas do Forró em Fortaleza

A banda Brasas do Forró foi fundada em 1982, em Fortaleza. Inicialmente, o grupo nasceu com o nome de “Som 5”, por possuir apenas cinco integrantes.

De início, o grupo de forró Tocava em bares e pequenos clubes. Com o passar dos anos, a banda foi ganhando espaço em festas e aumentando o número de seus integrantes, até que, em 1989, surgiu a ideia de trocar o nome da banda por Brasas do Forró.

Já por volta dos anos 90, o fundador da banda e o empresário desta época, ao escutarem diversos CDs de outros artistas, tiveram a ideia de juntar o som que vinha do Sul do País, chamado de vaneirão, ao forró do Ceará, formando assim o estilo que seria conhecido por muitos como “Forroneirão”, estilo esse que, em 1993, rendeu à banda o primeiro sucesso, intitulado “Mijador com Mijador”.

Atualmente, o grupo de forró conta com 26 integrantes, entre músicos, vocalistas e técnicos. Com mais de 25 álbuns gravados e 5 DVD’s, a banda faz shows em todos os estados do Nordeste, além de RJ, SP, RR, DF, GO, AM, PA.