Fortaleza não é azarão e São Paulo é adversário acessível nas quartas de final da Copa do Brasil

Há alguns anos, encarar o São Paulo nesta altura do torneio seria entrar como azarão, com amplo favoritismo do lado paulista. Hoje, não é assim. Há equilíbrio e o Fortaleza tem totais condições de avançar de fase

Robson comemora gol com braços abertos
Legenda: Robson garantiu o triunfo do Fortaleza com gol de cabeça no 2º tempo
Foto: Leonardo Moreira / FEC

Não haveria facilidade de forma nenhuma. Os oito clubes que restam na disputa pelo título da Copa do Brasil são times de Série A de Campeonato Brasileiro, bem estruturados e com capacidade para competir em alto nível. Mas o sorteio, realizado nesta sexta-feira (6), colocou um adversário acessível no caminho do Fortaleza em busca da inédita semifinal: o São Paulo.

Repito: não haverá facilidade. O duelo é difícil. Mas é fato que, há alguns anos, encarar o São Paulo nesta altura do torneio eliminatório seria entrar como franco-atirador. Um azarão, com amplo favoritismo do lado paulista. E o que viesse era lucro. O cenário, hoje, não é este. Ainda mais realizando o 2º jogo na Arena Castelão e definindo a classificação em casa.

O duelo com o São Paulo é extremamente equilibrado (algo apontado inclusive pela imprensa paulista) e pelo que o time comandado por Juan Pablo Vojvoda tem feito nesta temporada, já mostrou que pode sim avançar.

Os dois times se enfrentaram recentemente e o Fortaleza venceu por 1 a 0, em pleno Morumbi, jogando melhor inclusive que o adversário, quebrando tabu histórico e dando mostras de que tem total capacidade de conseguir a classificação.

O futebol tem mudado. Os clubes cearenses têm crescido e se consolidado cada vez mais, impondo dificuldades aos historicamente gigantes do cenário nacional. E este duelo, além da chance de "vingar" a dolorasa eliminação nas oitavas da Copa do Brasil 2020 nos pênaltis, é mais uma oportunidade que o Fortaleza tem para seguir neste processo.

Fugir de Flamengo e Atlético-MG era o que podia se imaginar mais positivo. De resto, adversários qualificados, mas equiparados com o futebol que o Fortaleza tem jogado em 2021.

O São Paulo é um adversário difícil, mas acessível. Dá pra passar. E seguir fazendo história.