15,4 mil doses da CoronaVac irão abastecer 26 municípios com vacinação de idosos atrasada

Imunizantes serão enviados a cidades que solicitaram reforço ao Estado para concluir a vacinação de idosos cujo prazo para segunda dose já expirou

fotografia
Legenda: Como a quantidade de vacinas recebidas pelo Estado foi pequena, serão repassadas apenas aos municípios que solicitaram reforço para concluir a vacinação de idosos com atrasos
Foto: Divulgação/Governo do Estado

As 15,4 mil doses da CoronaVac que chegaram na última semana ao Estado serão enviadas para 26 municípios cearenses que solicitaram reforços extraordinários para completar a imunização contra a Covid-19 da população idosa que está com atraso, informou a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) neste domingo (2).

Entre as cidades contempladas, estão Fortaleza, Horizonte, Sobral, Icapuí, Barbalha e Quixadá. A Capital e Horizonte já estão com doses da vacina. Já as demais cidades irão receber até terça-feira (4).

Por meio do Twitter, o prefeito José Sarto (PDT) informou que Fortaleza recebeu 4.130 doses da CoronaVac, que serão destinadas exclusivamente à aplicação da segunda dose em idosos com atrasos já a partir de segunda-feira (3). Apenas para os nomes confirmados por meio de lista e/ou mensagem de texto serão vacinados. A lista pode ser conferida no site da Prefeitura.

As 15,4 mil doses da CoronaVac foram enviadas pelo Ministério da Saúde na última semana, sendo 3,8 mil doses na quinta-feira (29) e 11,6 mil no sábado (1º). A Sesa não informou o quantitativo destinado a cada cidade.

Na última quinta-feira (29), pelo menos 15 municípios, incluindo Fortaleza, não tinham imunobiológicos suficientes da CoronaVac para aplicar a segunda dose no grupo prioritário.

Na Capital, vários idosos que buscaram um polo de vacinação contra a Covid-19 na última quinta e sexta-feira (30) voltaram para casa sem receber a segunda dose da CoronaVac por falta do imunobiológico. Muitos, inclusive, estavam no prazo final e agora estão com a segunda dose atrasada.

Neste domingo, a Sesa informou que "cumpre rigorosamente a distribuição proporcional em todos os envios das doses 1 e 2 vindas do Ministério da Saúde" e salientou que a escassez da CoronaVac em alguns municípios ocorreu porque as cidades administraram parte da segunda dose como sendo a primeira. 

Algumas prefeituras alegam, todavia, que a orientação de aplicar a totalidade das doses, sem reservar a segunda, partiu do Ministério da Saúde, como é o caso de Fortaleza.

O desabastecimento da CoronaVac fez com que o Ministério Público do Ceará (MPCE) notificasse pelo menos 18 municípios a elaborarem um plano de execução que busque garantir a aplicação da segunda dose no grupo de pessoas que recebeu apenas a primeira dose do imunizante. 

Além disso, o Estado segue aplicando doses da Astrazeneca nos grupos prioritários e deve iniciar na próxima semana a imunização de pessoas com comorbidades incluídas na fase 3 de vacinação. Para esta fase, serão destinadas os imunogiológicos da Pfizer, que deve chegar ao Ceará na segunda-feira (3).

Lista dos 26 municípios que vão receber doses da CoronaVac 

  • Sobral 
  • Reriutaba 
  • Icapuí 
  • Barbalha 
  • Irauçuba 
  • Farias Brito 
  • Moraújo 
  • Quixadá 
  • Missão Velha 
  • Lavras 
  • Itatira 
  • Fortaleza 
  • Icó 
  • Horizonte 
  • Piquet Carneiro 
  • Assaré 
  • Várzea Alegre 
  • Cedro 
  • Orós 
  • Jucás 
  • Cariús 
  • Itapiúna  
  • Abaiara 
  • Quiterianópolis 
  • Groaíras  
  • Paraipaba 
Quero receber conteúdos exclusivos da cidade de Fortaleza