Vôlei feminino garante 20ª medalha, e Brasil quebra recorde de pódios no Jogos de Tóquio

País tem chance, ainda, de ter melhor olimpíada em número de ouros

Alguns medalhistas brasileiros nos Jogos de Tóquio
Legenda: Alguns medalhistas brasileiros nos Jogos de Tóquio
Foto: AFP

O Brasil chegou à 20ª medalha nos Jogos de Tóquio 2020 com a passagem para final do vôlei feminino. O número de pódios já é o maior de todos os tempos, superando as 19 medalhas conquistadas nos Jogos do Rio 2016.

A conquista brasileira se baseia em uma maior diversificação de modalidades em que o País chegou com chances de pódio. Os 'novos esportes' olímpicos também contribuíram. Só no skate e surfe, o Brasil conquistou 1 ouro e 3 pratas. Conquistas inéditas, como no tênis feminino, com a dupla Stefani e Pigossi, também marcaram os jogos em Tóquio.

Medalhas conquistadas

Ouro 🥇

  • Rebeca Andrade (salto) 
  • Surfe masculino (Ítalo Ferreira) 
  • Ana Marcela Cunha (maratona aquática) 
  • Martine Grael/Kahena Kunze (vela)  

Prata 🥈 

  • Kelvin Hoefler (skate street) -  
  • Rayssa Leal (skate) 
  • Rebeca Andrade (ginástica individual geral) 
  • Pedro Barros (Skate park)  

Bronze 🥉 

  • Bruno Fratus (natação)   
  • Alison dos Santos (400m com barreiras) 
  • Stefani e Pigossi (tênis)  
  • Fernando Scheffer (natação) 
  • Daniel Cargnin (judô) -  
  • Mayra Aguiar (judô) 
  • Isaquias Queiroz e Jacki Godmann (canoagem) 
  • Thiago Braz (salto com vara) 

Finais olímpicas pela frente

  • Beatriz Ferreira (boxe)*
  • Hebert Conceicão (boxe)* 
  • Futebol masculino*
  • Vôlei feminino*
  • Hipismo por equipes
  • Isaquias Queiroz (ainda disputa semifinal)

*Prata garantida

Chances de ouro

Tendo em vista a contagem oficial, que sempre leva em consideração o número de ouros conquistados, o Brasil tem 6 oportunidades até o fechamento dos jogos de chegar ou ultrapassar os 7 ouros conquistados na Rio 2016. Para isso, terá de levar a melhor em pelo menos 4 das finais que está classificado.

A primeira chance será com Isaquias Queiroz, na canoagem (C1 1000m) na noite desta sexta-feira (6). Na madrugada de sexta para sábado, Hebert Conceição também tenta o ouro no boxe masculino.

No sábado pela manhã, Brasil enfrenta a Espanha no futebol masculino. E a equipe brasileira de hipismo, com o 'cearense' de coração Marlon Zanotelli, também disputa final.

Na madrugada de sábado para domingo, Beatriz Ferreira também luta pelo ouro no boxe feminino, além do vôlei feminino que disputa a final olímpica contra o Estados Unidos.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte