Torcedores do Fortaleza relatam ação da Polícia com truculência e gás de pimenta em jogo com o River

A ação ocorreu no setor inferior sul da arquibancada e torcedores relatam a ação da polícia

Legenda: Polícia entra em confronto com a torcida do Fortaleza no jogo diante do River Plate na última quinta-feira
Foto: Reprodução / Vídeo

Uma ação da Polícia Militar com gás de pimenta e tiros foi relatada por torcedores do Fortaleza durante a partida contra o River Plate-ARG na última quinta-feira (6) no setor inferior sul da arquibancada do Castelão. 

Torcedores que presenciaram a ação no setor da arquibancada foram ouvidas pelo Diário do Nordeste e relataram que gás de pimenta foi utilizado e tiros de borracha foram disparados contra outros. Há relatos que haviam crianças, cadeirantes e idosos, muitos passando mal.

 

Veja vídeo de momentos da ação policial

 

 

 

Relatos

 

Ainda segundo o relato, a confusão toda iniciou por uma perseguição a um torcedor vindo de um bar do Castelão.

"Alguém deve ter tido um probleminha na hora de comprar bebida e essa pessoa deve ter ido em direção as cadeiras e a polícia, pra pegar um única pessoa, jogou gás de pimenta em metade do setor. E começou a balear gente em um setor de 5 mil pessoas", relatou um torcedor que não quis se identificar.


Outro torcedor, que é sócio do Fortaleza, afirmou que foi humilhado no setor e que idoso foi atingido por bala de borracha. 

"A raiva foi muito grande, pois tenho irmão cadeirante e queria levar ele no estádio. Mas como levarei ele assim? Passando por isso? Eu sou sócio do Fortaleza, mas só tenho condições de ir para um setor do povão e eu vou para ser humilhado? Vi idoso levando bala de borracha. Quatro policiais foram pegar um só no meio da multidão, causam tudo isso e ainda arrastam o cara para dar porrada?".

 

Nota da Polícia

 

Em nota, a Polícia Militar disse que houve  uma ocorrência de vias de fato envolvendo torcedores e pessoas que trabalhavam num bar da Arena Castelão, durante o jogo.

"Foi necessário fazer uso controlado da força para conter os ânimos e agressões contra os militares que chegaram ao ponto onde se concentrava a desordem. Um torcedor acabou sendo conduzido preso pelo crime de dano e desacato. Na ação, um policial militar foi ferido e encaminhado ao hospital”, disse a PM. 

 

Nota do Fortaleza

O Fortaleza publicou uma nota oficial na noite desta sexta-feira (7), afirmando que tomará providências e que seu departamento jurídico está acompanhando o caso.

"O Fortaleza Esporte Clube tomou conhecimento dos fatos ocorridos entre torcedores e Polícia Militar no jogo contra o River Plate-ARG, na Arena Castelão, e está estudando as medidas que podem ser adotadas para evitar tais fatos, dentre as quais o envio das imagens internas para a apreciação do Ministério Público através do Núcleo do Desporto e Defesa do Torcedor (Nudtor), órgão competente para ouvir todas as partes, avaliar as imagens e também as tais condutas. E, a partir daí, dar início criminal e administrativamente. O Fortaleza informa ainda que o Clube, por meio do seu Departamento Jurídico, está acompanhando todos os atos dessa apuração. Por fim, a instituição registra que não concorda com quaisquer atos de violência e que sempre busca trazer a melhor experiência ao torcedor e a torcedora."

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados