Luiz Francisco reclama de nota no Skate Park após 4º lugar na Olimpíada de Tóquio

O brasileiro contestou a nota final que o tirou do pódio nos Jogos Olímpicos

Luiz Fernando em ação no Skate Park
Legenda: O brasileiro Luiz Fernando é o atual 3º colocado do ranking mundial de Skate Park
Foto: Lionel Bonaventure / AFP

Quando encerrou a última volta na final da disputa de Skate Park nas Olimpíadas de Tóquio, nesta quinta-feira (5), o brasileiro Luiz Francisco chutou o capacete para o alto e celebrou, feliz com o que havia apresentado. Restava saber a nota. Os 83.14 anunciados na sequência não foram suficientes para colocá-lo entre os três primeiros colocados no pódio.

As medalhas ficaram com o compatriota Pedro Barros (prata), e o australiano Keegan Palmer (ouro) e o norte-americano Cory Juneau (bronze). Luizinho ficou sem entender o julgamento. Não quis comparar a volta com a de Juneau, mas não entendeu o motivo para ter uma pontuação inferior à avaliação na etapa classificatória, quando ficou na liderança.

"Minha última volta foi igual à da eliminatória. Até melhor, porque dei um 540º no fundo. Consegui colocar mais uma manobra e foi com uma pontuação menor. Não entendi, porém a opinião foi deles e temos que respeitar", afirmou.

Luiz Francisco chuta capacete em comemoração após a volta final nas Olimpíadas
Legenda: Luiz Francisco chutou o capacete em comemoração após a volta final nas Olimpíadas de Tóquio
Foto: Loic Venance / AFP

De acordo com o brasileiro, a expectativa entre os próprios skatistas era de que ele conseguiria chegar ao pódio. "Eu posso até ver o vídeo depois e mudar de opinião, mas momentaneamente a primeira impressão é que seria maior [a nota]", completou.

Natural de Lorena, em São Paulo, o atleta tem 21 anos e está na 3ª posição do ranking global da modalidade. Em 2019, no último Mundial, foi vice-campeão em Nanjing, na China.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte