Jogador de Street Fighter V é banido de eventos após citar participação em estupro coletivo

Depois da repercussão, Robson "robinho" Oliveira negou o crime e disse que inventou o episódio

print da live em que robinho cita o crime
Legenda: Jogador de Street Fighter V (SFV) fala sobre possível estupro coletivo, mas depois nega episódio
Foto: Reprodução

O jogador de Street Fighter V, Robson "robinho" Oliveira, conhecido no circuito dos e-sports, foi permanentemente banido de todos os eventos da Capcom, desenvolvedora do game, após declarações durante uma live sobre um possível estupro coletivo.

A decisão da organizadora das principais competições da modalidade foi divulgada por meio de um comunicado nesta sexta-feira (7), quando classifica de "atrocidades" as falas de "robinho". A empresa também pede uma rápida investigação do caso pelas autoridades do Brasil.

Com o banimento, o jogador brasileiro está impedido de participar de qualquer campeonato que esteja sob a responsabilidade da Capcom. Robson, inclusive, estava classificado para a Capcom Pro Tour, após vencer o evento Premier do CPT na América do Sul. O torneio, que será realizado em fevereiro, foi cancelado por conta da pandemia.

"Peguei essa mina num final de semana e falei: 'Ela tá f*dida na minha mão'. Fomos pro rolê, enchemos a cara, enchemos a cara. Levei ela... Falei: 'Vamos para um esquema ali'. Ela disse: 'Vamos'. Levei ela para o barraco, chamei oito malucos e falei hoje ela vai se ferrar também. Mano, ela se arrebentou toda. Zoei, todo mundo zoou. Nesse dia, eu aloprei. Aí no dia seguinte, (ela pergunta) 'por que você fez isso?', não sei o que... Por que você isso? Você é mó (sic) vagabunda, mina", citou "robinho", durante live.

Resposta de Robinho

Ao Globoesporte, o jogador negou a acusação, disse que o episódio não existiu, foi inventada por ele mesmo. "Isso foi uma história que eu inventei na hora, na zoeira. Isso aí de bebida nem existe. Pessoal estão (sic) distorcendo a história toda", comentou.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte