Já em Porangabuçu, Guto Ferreira elogia estrutura do Ceará e fala sobre início de trabalho

O treinador acompanhará, a partir desta quarta-feira (3), as atividades realizadas em Porangabuçu

Técnico Guto Ferreira, do Ceará
Legenda: Técnico Guto Ferreira, em Porangabuçu, acompanhou atividades no clube
Foto: Felipe Santos/Divulgação

O técnico Guto Ferreira, de fato, começou os trabalhos presenciais no Ceará. Na segunda-feira (1º), o treinador realizou os testes para Covid-19 e teve reuniões internas. Nesta quarta-feira (3), pela primeira vez acompanhou as atividades dos atletas que estão em campo, e falou também das impressões iniciais que teve do clube.

Um dos pontos destacados pelo novo comandante foi a estrutura do Alvinegro.

"Não surpreendeu porque a gente já tinha comentários bastante positivos em relação a estrutura, mas a gente percebeu que tá um pouco mais adiantado em relação a alguns quesitos muito importantes. Área médica, de proteção ao atleta, clube que busca estar extremamente equipado. Acho que o principal fator aqui, mais que a estrutura, é a mentalidade do clube. Mentalidade de crescer, de fazer diferente, de fazer o futebol de uma maneira científica, acompanhando e embasando toda a estrutura de trabalho. Nós já temos uma boa estrutura e tenho certeza que deve melhorar ainda mais", disse, em entrevista à Vozão TV, canal oficial do clube.

Guto Ferreira falou ainda sobre o início de trabalho, que é desafiador.

"Vivemos um momento totalmente diferente, atípico, em que nós temos que nos adaptar. Inclusive com os tipos de treino, metodologias de trabalho, ainda dentro de uma adaptação ao campo, que os atletas ficaram praticamente 70 dias sem contato com o campo. Então esse primeiro momento vai se dar de maneira mais individualizada num processo de adaptação ao espaço, ainda sem os trabalhos em conjunto, de equipe", destacou.

A tendência é que, com o passar dos dias, seguindo o protocolo médico estabelecido pelo clube, as atividades possam ir, gradativamente, sendo normalizadas.

"Num segundo estágio, a medida que a gente vai evoluindo e o processo da pandemia for permitindo, a gente vai trabalhando o conjunto para que o quanto antes esteja apto a retornar e fazer um trabalho com a melhor qualidade possível", finalizou.


Categorias Relacionadas