Hugo Calderano vence sul-coreano Jang Woojin e avança às quartas de final do tênis de mesa

O atleta tornou-se o melhor do tênis de mesa do Brasil em uma edição de Jogos Olímpicos

Hugo Calderano, atleta do tênis de mesa
Legenda: Hugo Calderano avançou às quartas de final do Tênis de Mesa
Foto: Wander Roberto/COB

Mais um feito histórico aconteceu na Olimpíada de Tóquio para o esporte brasileiro. Hugo Calderano venceu uma batalha nesta terça-feira (27) contra o sul-coreano Jang Woojin por 4 sets a 3 - com parciais de 11/7, 9/11, 6/11, 11/9, 4/11, 11/5 e 11/6 -, avançando às quartas de final e tornando-se o melhor do tênis de mesa do Brasil em uma edição de Jogos Olímpicos.

O mesa-tenista carioca, atual sexto colocado do mundo pelo ranking da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF, na sigla em inglês), já havia igualado, no Rio-2016, a disputa das oitavas de final no tênis de mesa, patamar conquistado pela primeira vez na Olimpíada de Atlanta, em 1996, por Hugo Hoyama.

O jogo

Em um jogo de alta tensão contra o atual 11º do mundo, Calderano atingiu o feito histórico de forma dramática. Venceu o primeiro set, mas sucumbiu nos dois seguintes com a precisão de Woojin nos ataques. Chegou a empatar em 2 a 2, contudo mais uma vez o sul-coreano fez uma parcial forte, sem muitas chances para o brasileiro.

O resultado parecia irreversível, considerando as condições da partida até então. Mas o brasileiro parece ter mudado a estratégia, foi melhor nos contra-ataques e no jogo curto e, assim, ganhou os últimos dois sets para dar ao Brasil a chance de chegar mais perto da medalha no tênis de mesa.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte