Gabriel Jesus é suspenso e desfalca Brasil na final da Copa América; Neymar ironiza punição

A Conmebol anunciou que o atleta deve cumprir dois jogos de suspensão devido expulsão nas quartas de final

Gabriel Jesus com semblante de preocupação em jogo do Brasil contra o Chile
Legenda: A CBF recebeu multa de 5 mil dólares por conta da expulsão de Gabriel Jesus
Foto: Carl de Souza / AFP

A Conmebol anunciou nesta terça-feira (6) que Gabriel Jesus foi suspenso por duas partidas por causa da expulsão diante do Chile, pelas quartas de final da Copa América. Assim, o atacante é desfalque da Seleção Brasileira para a final da competição contra a Argentina, marcada para sábado (10), às 21h, no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro/RJ.

Em comunicado oficial, a entidade anunciou que o jogador pegou dois jogos de suspensão pelo chute na cara de Mena, lateral do Chile, o que lhe rendeu um cartão vermelho imediato no início do 2º tempo. Além da suspensão por dois jogos, a Conmebol ainda aplicou uma multa de US$ 5 mil como forma de punição.

Reprodução do momento que Gabriel Jesus comete falta em Mena
Legenda: Gabriel Jesus foi expulso após acertar o rosto do lateral Mena, do Chile
Foto: reprodução / ESPN

Segundo o comunicado, não cabe recurso para essa decisão. A medida foi assinada por Eduardo Gross Brown, presidente da Comissão Disciplinar da Conmebol.

Reclamação de Neymar

A suspensão de Gabriel Jesus não foi bem digerida pelos jogadores da Seleção Brasileira. Em especial Neymar, que usou as as redes sociais na madrugada desta quarta-feira (7) para reclamar da punição que tirou o atacante do Manchester City da decisão.

O camisa 10 do Brasil fez críticas à Comissão Disciplinar da Conmebol e também ironizou a medida. "Muito triste estar nas mãos de pessoas que tomam essas decisões. Bela analisada que deram no lance, hein? Estão de parabéns", publicou.

Esta foi apenas a segunda expulsão da seleção brasileira na era Tite. Curiosamente, a primeira já havia sido com Gabriel Jesus. O jogador levou cartão amarelo e depois o vermelho na final da Copa América de 2019 contra o Peru, no Maracanã.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte