Estevam Soares dá adeus ao Ceará

Legenda:
Foto:
O treinador passou 56 dias no comando técnico do clube alvinegro e não conquistou resultados satisfatórios na Série A

Durou apenas 56 dias, a permanência do treinador Estevam Soares no comando técnico do Ceará Sporting Club. Após perder Paulo César Gusmão para o Vasco da Gama, a diretoria alvinegra contratou o treinador com o intuito de que Estevam Soares fizesse o mesmo trabalho do técnico anterior, principalmente, o padrão de jogo do time cearense.

Após o empate sem gols com o Atlético/GO, na tarde de ontem, no estádio Castelão, a direção alvinegra comunicou ao comandante, por meio do presidente da executiva do clube, Evandro Leitão, a decisão de não contar mais com Estevam.

Novo técnico

Neste momento, a direção alvinegra irá trabalhar para conseguir um novo treinador para dirigir a agremiação no o restante da temporada.

Os nomes mais cotados pela mídia local são o de Geninho, que estava no Atlético/GO, onde pediu demissão a menos de um mês e do ex-técnico do Grêmio, Silas Pereira, que foi demitido após a derrota do tricolor gaúcho, em casa, no estádio Olímpico para o Fluminense pelo placar de 2 a1.

Junto com o técnico Estevam Soares foram demitidos toda a sua comissão técnica.

Nesse período em que permaneceu no comando do Ceará, o chamado "pós-Copa", Estevam Soares realizou uma campanha ruim, não conquistando nenhuma vitória, com o alvinegro no Brasileiro deixando a torcida preocupada. No certame, o Ceará empatou quatro jogos, sendo três deles em seus domínios.

Já longe de sua torcida, perdeu duas e empatou uma, totalizando um aproveitamento de 22,22%. Até o fechamento desta edição, a reportagem não conseguiu conversar com o presidente da executiva do clube Evandro Leitão.
Quero receber conteúdos exclusivos de esporte