Caucaia perde 6 pontos na Justiça e vai para lanterna do Campeonato Cearense; entenda

A Raposa Metropolitana escalou o atleta Hugo Freitas após ele ter tomado terceiro cartão amarelo

Caucaia aguarda reinício do Campeonato Cearense
Legenda: O Caucaia montou um novo time para a Série D após disputar a reta final do Estadual com um time enfraquecido
Foto: Kid Júnior

Um erro primário pode deixar o Caucaia em péssimas condições para buscar a classificação para a terceira fase do Campeonato Cearense 2021.

A Raposa Metropolitana foi apenada com a perda de 6 pontos por ter escalado o atleta Hugo Freitas, logo na partida de estreia do time na segunda fase do certame, contra o Pacajus. O Caucaia não se alertou para o terceiro cartão amarelo tomado pelo atleta, que o tiraria do jogo por suspensão. No entanto, ele foi escalado.

A 2ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol no Estado do Ceará (TJDF) entendeu que o clube infringiu o artigo 50 do Regulamento Geral de Competições (RGC) e 191 do Código Brasileiro de Justiça Deportiva (CBJD), sendo assim multado em R$ 5 mil.

Menos seis pontos na conta

Por também ter infringido o artigo 214 do CBJD, perdeu três pontos acrescidos de outros três que faturou na vitória contra a equipe pacajuense, portanto seis pontos.

Desta forma, o Caucaia figura na lanterna da segunda fase do Estadual, com -3 pontos conquistados. Ainda terá, todavia, mais seis rodadas para tentar tirar a diferença. Não há mais chance de rebaixamento para a Raposa. Guarany de Sobral e Barbalha foram as equipes que desceram de divisão na primeira fase.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte