Após revitalização no campo, Castelão está pronto para receber jogos e poderá ter gramado híbrido

Estádio será palco dos jogos de Ceará e Fortaleza em 2022

Arena Castelão em vista aérea
Legenda: Castelão poderá ter gramado híbrido já em 2022
Foto: Sejuv/Governo do Estado

Principal palco esportivo do Estado do Ceará, o Castelão está pronto para receber jogos de futebol. O estádio passou por revitalização no campo nas últimas semanas e, agora, está recuperado e com qualidade para a realização das partidas.

"Esse trabalho já iniciou a partir do dia 10 de dezembro, dia seguinte ao término da temporada, e consistiu basicamente em corte vertical, poda, deixando praticamente no nível do solo. Depois, um trabalho de nivelamento, com areia, para tapar os buracos que durante os jogos acabavam se criando. Por fim, um trabalho de adubo e de colocação de nutrientes no gramado", detalhou Rogério Pinheiro, titular da Secretaria do Esporte e Juventude (Sejuv), em entrevista exclusiva ao ge.

Em 2021, o gramado da Arena Castelão foi alvo de críticas de jogadores e treinadores. Atletas de Ceará e Fortaleza até fizeram uma campanha em conjunto, protestando pela qualidade ruim do campo. Um aspecto que agravou esta situação foi a quantidade de jogos. Ao todo, foram 83 partidas no ano, sendo o Castelão o estádio do Brasil que mais foi usado.

Gramado híbrido

A Sejuv estuda a possibilidade de que o Castelão fique fechado pelo período de 25 dias durante o mês de março, para que o gramado seja totalmente modificado e passe a ser híbrido, com composição de 10% da grama sintética e 90% de grama natural. Isto deverá ser decidido no mês de fevereiro, após visita ao Maracanã, que já começou a implementar o gramado híbrido.

"Nós estamos acompanhando o trabalho que vem sendo feito no Maracanã e o maquinário que vem da Europa estará no Brasil já no fim do mês de fevereiro, que deve ser o momento em que a gente deve fazer uma visita ao estádio do Maracanã, para acompanhar como está sendo feito o trabalho, para que a gente verifique a possibilidade de, já ainda nesse ano, fazer esta implantação", concluiu Rogério.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte