Conrado, dupla de Aleksandro, apresenta melhora em quadro de saúde após acidente grave

O cantor segue em tratamento na UTI de hospital de São Paulo

Foto de Conrado da dupla com Aleksandro
Legenda: Segundo empresário da dupla, Conrado teve melhora estimada em 50%
Foto: reprodução/Instagram

O cantor João Vitor Moreira Soares, conhecido como Conrado, apresentou melhora no quadro de saúde após sofrer grave acidente de ônibus no último sábado (7), em Miracatu, São Paulo, junto do colega de dupla sertaneja, Aleksandro. A informação foi divulgada pela revista Quem e confirmada pelo empresário dos dois.

De acordo com boletim médico, divulgado nesta quarta-feira (11), Conrado segue internado no Hospital Regional de Registro, em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No entanto, apresentou melhora clínica e laboratorial. Às 19h de terça-feira (10), foi extubado e está com quadro estável e respiração espontânea. 

No acidente, o cantor Aleksandro faleceu, assim como outras cinco pessoas. O boletim médico ainda detalhou que o músico Júlio César Bigoli Lopes, que estava no veículo, seguem internado na UTI em estado grave no mesmo Hospital, no interior de São Paulo.

Nesta quarta, foi submetido a procedimento cirúrgico no fêmur esquerdo, que transcorreu sem complicações.

"Ele segue na UTI, mas melhorou uns 50%. O outro rapaz, Júlio, também está melhorando, mas ainda está na UTI. Já tiraram as drogas e os dois estão respondendo bem. O pai do Conrado que me atualizou sobre o quadro deles, porque ele estava no hospital ontem", disse o empresário Carlos Cassucce em conversa com a revista. 

Ainda segundo o boletim, João Vitor apresentou "evolução com estabilidade do quadro clínico e melhora progressiva da função renal". Além disso, o hospital reafirmou a ausência da necessidade de novas intervenções cirúrgicas até então. 

Enquanto isso, Júlio Cesar ainda está com função pulmonar comprometida, mas também teve melhora da função renal. Até agora, ambos seguem sem previsão de alta. 

Acidente grave

O acidente com o ônibus da dupla aconteceu por volta das 10h30 do sábado (7), no km 402,2 da pista com sentido para São Paulo (SP), no momento em que o motorista perdeu o controle e o ônibus capotou. 

O G1 informou que ao menos 19 pessoas estavam no veículo. Além dos óbitos, 11 vítimas foram encaminhadas a unidades de saúde com ferimentos leves e outras duas pessoas não sofreram lesões.

O veículo saiu de Tijucas do Sul (PR), onde os artistas fizeram show na sexta-feira (6), e seguia para São Pedro (SP). Na cidade paulista, eles tinham uma apresentação no sábado (7). 

Quero receber conteúdos exclusivos do É Hit