Tom Barros: Erros nas previsões e nas projeções