Somente o Ferroviário brilhou

Tom Barros