Gearbest tira site do ar e rumores indicam que loja chinesa faliu

Os clientes que realizaram pedidos recentemente não conseguem acessar suas contas e não obtiveram respostas da empresa

Home da GearBest
Legenda: Criada em 2014, a GearBest se tornou uma das mais importantes empresas chinesas em suas operações internacionais
Foto: Shutterstock

A popular loja virtual chinesa de eletrônicos, Gearbest, está com o site fora do ar há pelo menos onze dias, e parece ter encerrado as operações sem avisar aos clientes, conforme o portal Xataka

Ao acessar o endereço do empreendimento, o usuário é surpreendido com uma mensagem de erro, que indica que a URL é inválida. No aplicativo da loja também é exibido a mesma mensagem, apesar de ainda ser possível navegar em algumas páginas do serviço.

Mensagem de erro ao acessar site da GearBest
Legenda: Mensagem de erro é exibida ao usuário tentar acessar o site do empreendimento virtual
Foto: reprodução

Já nos perfis oficiais do empreendimento nas redes sociais, a última atividade da empresa foi em 7 de julho, através do Facebook. Já no Twitter, a última postagem é ainda mais antiga, em abril de 2020.

A loja não se manifestou oficialmente sobre a queda nos serviços até a publicação deste material. Segundo o portal, o site da companhia está sem funcionar em todos os países que antes operava

Rumores indicam que a Gearbest pode ter falido, já que em junho a empresa que controla a loja, a Shenzhen Globalegrow E-Commerce Co. Ltd, entrou com pedido similar ao de recuperação judicial. Os clientes que realizaram compras recentemente não conseguem acessar suas contas e não obtiveram respostas da empresa.

No entanto, o pedido de falência, segundo frisa o Xataka, não significa o encerramento definitivo da empresa, mas indica que tanto a empresa-mãe quanto a própria Gearbest estão passando por dificuldades financeiras.

Nos últimos anos, a Shenzhen Globalegrow já vinha perdendo valor de mercado na Bolsa de Valores de Shenzhen. A maior queda foi registrada no ano passado. 

Criada em 2014, a Gearbest se tornou uma das mais importantes empresas chinesas em suas operações internacionais, junto aos outros sucessos como Xiaomi, ZTE, Lenovo, JD ou Shein. A loja tinha como concorrente AliExpress e Banggood.


Assuntos Relacionados