Adolescente é sugada por ralo de piscina, fica dois minutos submersa e é salva por familiares no Piauí

Maria Rita teve o cabelo cortado por uma faca e passou por massagem cardíaca em seguida

adolescente de 13 anos tem o cabelo sugado em piscina
Legenda: Caso ocorreu no município de água Branca
Foto: Reprodução

Uma adolescente de 13 anos se afogou após ter o cabelo sugado pelo ralo de uma piscina, em Água Branca, no Piauí, na tarde do último domingo (5). Maria Rita ficou dois minutos submersa, mas foi salva pelos familiares ao ter o cabelo cortado com uma faca. 

Ao G1, a telefonista Rozana Pimentel, mãe da jovem, disse que a filha achou que alguém tivesse pisado no seu cabelo, mas logo percebeu ser o sugador da piscina. 

"Ela manteve todo o controle, prendeu a respiração e começou a bater a perna para que alguém pudesse vê-la. Aí o pessoal foi até a água, tentaram soltar o cabelo dela, não conseguiram, desligaram a energia da casa e não deu certo”, contou Rozana.

Uma outra mulher que estava na residência encontrou uma faca e entregou para as pessoas que tentaram retirar Maria Rita da piscina. O objeto foi usado para cortar o cabelo da adolescente. Ela foi retirada e passou por massagem cardíaca.

Alerta

Maria Rita ficou em observação em um hospital de Água Branca até as 23h30 do domingo. Na segunda-feira (7), ela passou por exames em Teresina e não precisou realizar outros procedimentos médicos.

“Para mim como mãe, ver ela saindo desacordada, eu vejo como um milagre. É um aparelho que a gente não sabe onde fica, não conhece, não tem noção, pelo menos eu não tinha. Agora que eu comecei a pesquisar. Eu espero que essa informação chegue a mais pessoas, que todos saibam o perigo que é uma piscina. A minha filha poderia ter morrido”, alertou Rozana.