Suzane von Richthofen fica isolada em cela após iniciar aulas presenciais em universidade

Medida visa evitar a disseminação do coronavírus para as outras presidiárias da penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier

Suzane von Richthofen caminhando de máscara, durante 'saidinha' temporária da prisão, em maio
Legenda: Suzane von Richthofen durante 'saidinha' temporária da prisão, em maio
Foto: Tiago Bezerra/TV Vanguarda

Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, começou a frequentar as aulas de Biomedicina em uma universidade no interior de São Paulo. Para evitar a disseminação da Covid-19 a outras presas, ela vem cumprindo isolamento na penitenciária em Tremembé desde 20 de setembro.

De acordo com o G1, Suzane já teve Covid-19 e o isolamento foi imposto porque ela tem contato com outras pessoas fora do presídio durante as aulas. A medida segue protocolos da Secretaria da Administração Penitenciária e deve durar até o fim da pandemia. 

Suzane von Richthofen com mochila nas costas, chegando à universidade no primeiro dia de aula, acompanhada de advogado
Legenda: Suzane von Richthofen frequenta aulas usando tornozeleira eletrônica
Foto: Reprodução/TV Vanguarda

A Justiça estabeleceu que Suzane deverá não somente cumprir o isolamento, como também demonstrar o aproveitamento do curso, apresentando bimestralmente o boletim de presença e notas. Ela chegou a pedir à Justiça para comparecer às aulas sem usar tornozeleira eletrônica, mas o pedido foi negado.

Além de Suzane, há somente outra presa da penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier autorizada a estudar fora do presídio. Contudo, esta optou pelo ensino remoto e não necessita cumprir o isolamento. 

Procurada pelo G1, a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) informou, via nota, que todas as presas da penitenciária foram vacinadas, pelo menos, com a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e que, hoje, não há nenhum caso supeito ou confirmado de infecção pelo vírus na instituição.

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil