Mulher fica paraplégica ao ser baleada com quatro tiros pelo ex-marido no Mato Grosso do Sul

A vítima da tentativa de feminicídio foi internada em estado gravíssimo em um hospital de Campo Grande

Mulher fica paraplégica ao ser baleada com quatro tiros pelo ex-marido no Mato Grosso do Sul
Legenda: O casal havia se separado em abril deste ano. A mulher denunciou o marido depois de ter sofrido várias agressões. Ele foi preso, mas liberado dois dias depois
Foto: Reprodução/PCMS

Uma mulher, de 37 anos, ficou paraplégica depois de ter sido baleada com quatro tiros efetuados pelo ex-marido, na quarta-feira (29), em Costa Rica, no Mato Grosso do Sul. As informações são do G1

A vítima da tentativa de feminicídio foi internada às pressas em um hospital de Campo Grande. O estado de saúde dela gravíssimo.

De acordo com o delegado Caíque Ducatti, o casal havia se separado em abril deste ano. A mulher denunciou o marido depois de ter sofrido várias agressões. Ele foi preso, mas liberado dois dias depois.

O homem teria, então, passado a perseguir a ex-esposa. Por volta da meia-noite de quarta-feira, a mulher estava com uma amiga, e ele as seguiu.

Crime

Também segundo a Polícia Civil, o homem escondeu a moto que pilotava em um terreno baldio perto de onde a ex-esposa deixaria a amiga e ficou à espera da vítima.

Na sequência, o suspeito foi em direção ao carro, retirou a passageira, atirou quatro vezes nela e fugiu do local.

Ofensiva

Os agentes que fizeram as buscas por ele encontraram primeiro a moto, ao lado de uma poça de sangue, em uma fazenda em Costa Rica.

Em seguida, foram às margens de um rio e acharam o homem, de bruços. Ele estava com um tiro no queixo e consciente.

Escoltado

A mulher segue em um quadro clínico considerado gravíssimo e foi submetida a procedimentos cirúrgicos ao longo da quarta-feira, na Santa Casa de Campo Grande.

O suspeito também foi levado para a cidade e permanece escoltado por policiais militares. Conforme a Polícia Civil, ele foi capturado em flagrante, e teve a prisão preventiva solicitada.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil

Assuntos Relacionados