"Minha dor só não é maior do que meu amor por você", diz Ronaldo Caiado sobre filho que morreu

Políticos manifestam solidariedade à família Caiado nas redes sociais

Ronaldo Caiado e Ronaldo Filho estão montados a cavalo e dão as mãos.
Legenda: Ronaldo Filho é o segundo filho de Ronaldo Caiado com Thelma Gomes.
Foto: Reprodução/Instagram

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), usou as redes sociais na noite deste domingo (3) para falar publicamente sobre a morte do filho.

"Minha dor neste momento só não é maior do que o meu amor por você. Que Deus o acolha na Sua Glória infinita", escreveu o político. Na foto, estão os dois de mãos dadas, a cavalo.

Ronaldo Filho, segundo fruto do primeiro casamento do governador, com Thelma Gomes, faleceu na manhã de domingo aos 40 anos de idade. A causa não foi divulgada pela família.

Caiado soube da morte do filho quando estava cumprindo agenda em uma das missas de encerramento da Festa do Divino Pai Eterno na cidade de Trindade, a 25 quilômetros da capital, Goiânia.

Autoridades se manifestam

O presidente Jair Bolsonaro (PL) foi ao Twitter na noite deste domingo prestar solidariedade à família Caiado. "Não há dor maior para um pai ou uma mãe do que perder um filho", escreveu o chefe do executivo.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) também se manifestou. "Perder um filho é uma dor que nenhuma família merece passar", disse.

Outros políticos que prestaram condolências à família Caiado foram os ex-governadores do Ceará Camilo Santana (PT) e Ciro Gomes (PDT), que pediram a Deus conforto para a família enlutada. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil