Dentista é encontrado morto após dois dias desaparecido em São Luís

Lauro Henrique Moreno Evangelista foi visto a última vez no domingo (13) e, desde então, não entrou mais em contato com a família

Dentista Lauro Henrique Moreno Evangelista
Legenda: Polícia acredita que corpo estava no local há dois dias
Foto: reprodução

O corpo do dentista Lauro Henrique Moreno Evangelista, de 47 anos, foi encontrado, nesta terça-feira (15), no bairro Gapara, em São Luís, Maranhão. Ele estava desaparecido desde a tarde do último domingo (13). As informações são do G1

O cadáver do profissional, que também era gerente do Sesc Turismo do Olho d 'Água, foi achado enrolado em uma rede verde por uma mulher. A vítima foi reconhecida por familiares ainda no local.

Conforme informações preliminares fornecidas à publicação, o homem foi morto com um tiro na cabeça e os restos mortais estavam na localidade há cerca de dois dias. O titular do 1º Distrito Policial de São Luís, delegado Marconi Matos, acredita que os indícios apontam que o dentista foi vítima de um latrocínio — roubo seguido de morte. 

"Estamos desde ontem no caso, está bastante avançado e realmente se confirma um latrocínio. Levaram o carro, o carro dele não foi encontrado bem como alguns bens dele, os aparelhos celulares também foram subtraídos." 
Marconi Matos
Delegado do 1º Distrito Policial de São Luís

"Mas isso vai ficar tudo à base da investigação. Vamos fazer todos os levantamentos no local do crime para ver como foi essa morte dele ou se foi outro tipo de violência”, completou. 

Desaparecimento 

Lauro Henrique Moreno foi visto pela última vez quando almoçou na casa dos pais, no domingo. Após a refeição, ele deixou a residência, localizada no bairro Parque Amazonas, e seguiu em direção à avenida dos Africanos e não foi mais encontrado. 

"Meu irmão não tem histórico de depressão, não bebe, não fuma e desapareceu, a gente não sabe onde ele está", disse o irmão da vítima, Lúcio Evangelista, na época.

O dentista estava com o celular desligado e o caso foi registrado na Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP). 

Investigação

As autoridades ouviram testemunhas e verificaram imagens de circuitos internos de segurança para apurar o caminho feito pela vítima. Segundo a Polícia Civil, ainda no dia do desaparecimento, uma câmera flagrou Lauro Henrique Moreno em uma agência bancária. Ao sair da instituição financeira, ele pegou o carro e foi visto saindo da Capital. 

“O trabalho de investigação está sendo feito. Se alguém movimentou a conta dele, nós vamos saber. Nós temos uma imagem que comprova que o carro saiu de São Luís, no domingo, por volta de 13h53, logo após ele sair da casa dos familiares. E nós estamos trabalhando para localizar o veículo e, possivelmente, prender os autores desse latrocínio”, disse o delegado Marconi Matos.  

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil