Butantan envia cerca de 3,3 milhões de doses da Coronavac ao Ministério da Saúde

O número é o maior já encaminhado em apenas um dia, disse o governador de São Paulo, João Doria

Lotes da vacina Coronvac produzidas pelo Butantan
Legenda: Os imunizantes foram transportados em caminhões refrigeradores estampados com a frase "A Vacina do Brasil", assim como os lotes
Foto: divulgação

O Instituto Butantan irá enviar ao Ministério da Saúde o total de 5,3 milhões de doses da vacina da Coronavac durante esta semana. Somente nesta segunda-feira (15), foram entregues o equivalente a 3,3 milhões de doses da vacina para a pasta. O número é o maior já encaminhadas em apenas um dia, disse o governador de São Paulo, João Doria (PSDB). 

"Hoje é o dia mais importante em volume de entrega de vacinas do Butantan desde o início da entrega das vacinas na pandemia aqui no Brasil", afirmou o político.

Os caminhões com carregamento da vacina deixaram a sede do Instituto por volta das 8h30, segundo o portal G1. O governador esteve no local e acompanhou a liberação.

Na próxima quarta-feira (17), serão enviadas mais 2 milhões de doses ao ministério, totalizando 5,3 milhões, informou Doria.  

"É um número recorde em volume de entrega do Instituto Butantan. O Butantan está trabalhando 24 horas por dia, são três turnos de trabalho, para a preparação e o envase da vacina", disse.

Segundo o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, com as novas entregas desta segunda-feira, serão mais de 20 milhões de vacinas da Coronavac.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil