Barbie lançará boneca de pesquisadora brasileira que sequenciou genoma da Covid-19

Além de Jaqueline Goes de jesus, outras cinco cientistas vão ganhar homenagem da Mattel Inc

Bonecas Barbie inspiradas em cientistas
Legenda: Bonecas Barbie baseadas em cientistas do combate à Covid-19 já foram reveladas
Foto: divulgação/Mattel Inc

A pesquisadora brasileira Jaqueline Goes de Jesus, uma das responsáveis pelo sequenciamento do genoma de uma variante da Covid-19 no Brasil, será uma das novas bonecas Barbie. A intenção, segundo a empresa Mattel, é divulgar as mulheres que fizeram frente no combate ao coronavírus.

Dessa forma, ainda conforme a fabricante, a aposta principal é que a iniciativa dará continuidade ao objetivo de criar perfis de bonecas com representatividade profissional e social.

Jaqueline Goes liderou equipe no Brasil

Jaqueline Goes de Jesus liderou a equipe que mapeou os genomas do SARS-CoV-2 no Brasil. A força-tarefa levou apenas 48 horas para ser concluída no país, tempo mais curto que o registrado em outros locais pelo mundo, estimado em cerca de 15 dias.

Ela é doutora em Patologia Humana e Experimental, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), e pesquisadora no Instituto de Medicina Tropical de São Paulo da Universidade de São Paulo (IMT/USP).

Com a equipe de Jesus, o vírus que causou infecção do paciente brasileiro foi diferenciado do identificado inicialmente em Wuhan, cidade da China em que a Covid-19 surgiu. 

Homenagem da Barbie

Além de Jaqueline, outras mulheres também serão homenageadas com a nova série de bonecas Barbie.

Legenda: A professora Sarah Gilbert foi uma das representadas pela homenagem
Foto: divulgação

São elas a cientista britânica Sarah Gilbert, que desenvolveu a vacina contra a Covid-19 de Oxford/AstraZeneca; a psiquiatra canadense Chika Stacy Oriuwa, que lutou contra o racismo na área da saúde em Toronto, e a australiana Kirby White, criadora da bata cirúrgica lavável e reutilizável.

Enquanto isso, a enfermeira Amy O'Sullivan, que cuidou do primeiro paciente com Covid-19 em Nova York (EUA), e Audrey Cruz, médica da linha de frente em Las Vegas (EUA), também ganharam bonecas.