Com seis horas de duração, São João do Ceará Solidário Dendi Casa ganha segunda edição neste domingo

Em seis horas de especial junino, nomes locais e do cenário nacional dividem, neste domingo (14), o palco do São João do Ceará Solidário Dendi Casa

Imagens: Fotografia arquivo pessoal do Diário do Nordeste
Legenda: Solange Almeida apresentará canções do projeto “Minha História” e Chico Pessoa cantará músicas autorais e grandes sucessos do forró
Foto: Thiago Gadelha

O forró vai “truar” na TV e redes sociais do Sistema Verdes Mares neste domingo (14). O São João do Ceará Solidário Dendi Casa chega ao segundo programa com muito forró. Avine Vinny, Chico Pessoa, Solange Almeida e Zé Cantor animam a programação do especial junino do SVM.

Com tons tradicionais da sanfona, zabumba e triângulo, além do som eletrônico no forró, o São João do Ceará Solidário Dendi Casa traz diferentes nomes do gênero nordestino em seis horas de apresentação musical, das 18 às 24 horas.

Imagem: Fotografia de Kalebe Oliveira
Legenda: Sobralense Avine Vinny é uma das atrações deste domingo
Foto: Kalebe Oliveira

Avine Vinny, natural de Sobral (CE), sente-se honrado em participar de uma transmissão voltada para preservar os festejos juninos. “Sou de uma região que também é forte em festas de São João. Lembro criança, ainda na escola, tendo o primeiro contato com essa tradição que atravessa décadas”.

O sobralense afirma sua admiração pelo trabalho do SVM em manter as tradições juninas, mesmo de forma virtual. “Eu mesmo fui afetado nas minhas apresentações que estavam marcadas para o período. Poder levar música por meio desse especial dá um fôlego”.

Solange Almeida, nome forte no cenário nacional, fala com alegria de ter esse momento com o público e avalia a transmissão do show virtual como um presente. “O São João do Ceará Solidário Dendi Casa é de uma riqueza imensurável. Tanto a estrutura, que está padrão SVM, quanto a iniciativa de fazer acontecer uma das maiores festas populares do Brasil. Nossa principal festa popular e folclórica, mesmo que virtual e, ainda, solidária para o benefício de milhares de pessoas que estão passando por necessidade”, comenta

Programação
O especial São João do Ceará Solidário Dendi Casa vai além da música. Após o fim de cada apresentação de forró, diferentes matérias estão sendo exibidas em quadros especiais.

“Meu Coração Junino” conta a relação de cantores que vivem no Ceará com as festas juninas. Os brincantes também ganharam espaço com o quadro “Quadrilhas do Ceará”. 

O humor nordestino não poderia ficar de fora. “Causos e Comédia” reúne apresentações de grandes nomes do humorismo cearense. Além disso,dois comediantes cearenses estarão presentes na edição deste domingo em colaboração com os apresentadores.

Vinicius Augusto Bozzo, roterista de conteúdo do especial junino, conta que o material foi feito pensando em ampliar as histórias que envolvem as festas juninas. “O SVM estava com a preocupação de fazer produções além da questão musical. Nesse esforço, havia a vontade de criar quadros que abordassem vários personagens ao redor da festa. A área da história do São João, com estilo documentário, o humor com os comediantes e, o mais importante, a visibilidade para as quadrilhas. Eles se preparam o ano inteiro e foram os mais atingidos com o todo o problema da pandemia do coronavírus”.

Pensando em multiplataformas, o conteúdo desenvolvido no especial junino foi estruturado tanto para TV quanto para internet, explica o roterista.

“Em alguns quadros, pensamos na interação com o público, como videokê e as brincadeiras para fazer em casa. A pandemia acabou acelerando um processo das plataformas audiovisuais”.

São João do Ceará Solidário Dendi Casa ajudará Santa casa de Fortaleza 
Para a ação, foi criado um site no qual qualquer pessoa pode manifestar apoio à causa, sem nenhum custo financeiro, por meio de um cadastro rápido. Ao atingir a meta de 300 mil inscritos, os patrocinadores do evento farão doações financeiras para a Santa Casa. Os participantes terão seus nomes mencionados em caderno especial do Diário do Nordeste e farão parte da placa de homenageados instalada no hospital.

Saiba como ajudar.

Imagem: arquivo Diário do Nordeste/ Natinho Rodrigues
Legenda: São João do Ceará Solidário Dendi Casa ajudará Santa casa de Fortaleza. Para a ação, foi criado um site no qual qualquer pessoa pode manifestar apoio à causa, sem nenhum custo financeiro, por meio de um cadastro rápido
Foto: Natinho Rodrigues

Dos LPs para as lives

Nome forte dos anos 1980, o forrozeiro Zé Cantor chega a 2020 como presença marcante do São João do Ceará Solidário Dendi Casa. Com mais de 30 anos de carreira, o cearense passou pelas fases do LP, fita cassete, CD e, atualmente, é nome de referência nas transmissões virtuais, as lives. 

Nascido em Limoeiro do Norte (CE) e criado em Morada Nova, Zé Cantor conta que, na infância, as festas juninas eram mais fortes pelas quadrilhas. “Fogueiras e balões eram novidades, quando eu era menino. A barraquinha do beijo também fazia sucesso. São coisas que até hoje fazem sucesso”.

Imagem: Arquivo Diário do Nordeste. Thiago Gadelha
Legenda: Zé Cantor prepara repertório com sucessos da carreira e novas composições
Foto: Thiago Gadelha

Como cantor, ele lembra o primeiro São João carreira, em Quixadá. “Na época, eu ainda cantava com o sanfoneiro João Bandeira. Ainda usava o cabelo grande e as roupas largas, por volta de 1991 ou 1992. Naquele tempo, andávamos de micro-ônibus com parte dos equipamentos e parte dos músicos. Muita vezes, fazíamos duas apresentações por noite”.

Com trajetória sólida na música e agenda voltada para boa parte do Nordeste, Zé Cantor diz que este foi o primeiro ano sem realizar um festejo junino em praça pública. “Primeiro ano da minha vida que fico sem fazer São João perto do povo. Nossa agenda estava lotada em junho, antes mesmo de chegar neste período. No começo do isolamento social, contra o coronavírus, eu estava inquieto. Hoje, estou mais tranquilo”.

Para Zé Cantor, o especial do SVM será uma oportunidade de estar perto do público, mesmo que pela TV, rádio e internet. "A gente vai conseguir matar a saudade. Me senti honrado em receber esse convite para participar", declarou .

Sossego
Em casa, ao lado da esposa e da filha, ele ganhou mais tempo para desfrutar do próprio sítio no município de Horizonte (CE). “Depois que eu saia dos shows e ensaios, ou mesmo quando tinha uma folguinha, corria lá. Passava cerca de meia hora. Nunca tinha tempo. Agora, estou mais presente. Planto cebola, adubo as plantas e fico mais perto da minha família”.

Para o segundo semestre, Zé Cantor afirma que prepara lançamentos. Respeitando todas as medidas de segurança, ele segue produzindo em estúdio. “Tenho três composições que estão guardadas. Devemos soltar em breve. Quero poder voltar a fazer show com o povo. Estou com saudade até dos alôs”. 

Serviço
São João do Ceará Solidário Dendi Casa 
Neste domingo (14), a partir das 18 horas, participam Avine Vinny, Chico Pessoa, Solange Almeida e Zé Cantor
O especial junino do SVM será transmitido pela TV Diário, Rádio FM 93 e plataformas digitais do SVM. A programação seguirá com mais atrações nos dias 21 e 28 de junho (domingos).