Novo time de colunistas traz diversidades de temas aos leitores do Diário do Nordeste

Com novas estratégias digitais, o jornal aposta em um elenco de novos colunistas que são referência nas mais diferentes áreas, desde literatura e política até as questões comportamentais da sociedade

Para ancorar a nova fase digital do Diário do Nordeste, um novo time de colunistas que são referência em diferentes áreas de atuação, chega para compor o portfólio de produtos digitais. Mais que analisar as principais notícias, nomes de peso do cenário nacional e local se unem à equipe de colunistas da casa para provocar a discussão e reflexão de temas relevantes. O objetivo é abrir cada vez mais pontes de diálogo e oferecer ao leitor diferentes vozes sobre os mais diversos assuntos.

Leia mais

Compõem o novo time de colunistas do Diário do Nordeste o escritor Lira Neto, a professora Zelma Madeira, o jornalista Xico Sá, o escritor Ruy Câmara, o ator Silvero Pereira, a escritora Socorro Acioli e o ativista e produtor cultural Preto Zezé. Eles fazem parte da primeira fase de mudanças no Diário do Nordeste. Outros nomes estão sendo articulados para se unir à equipe de colunistas do jornal.

Para o superintendente do Sistema Verdes Mares, Ruy do Ceará, essa primeira parte do time de novos colunistas vai trazer diversidade. "Eles são nossa principal aposta em diversidade, ou seja, uma forma da gente ter opinião sobre as diversas variáveis que compõem a vida do cidadão, nas suas mais amplas possibilidades", destaca.

Referências

Na área da Cultura, Lira Neto é um dos nomes de destaque no jornalismo e na literatura. Ele ganhou o prêmio Jabuti em quatro ocasiões. Lira diz que pretende abordar temas relacionados à cultura, "no seu sentido mais amplo e sempre em dupla perspectiva".

Lira Neto
Legenda: Lira Neto

"Por um lado, recorrer aos desvãos da memória e às lições da história; por outro, lançar interrogações sobre os lugares e destinos do mundo a partir de meu olhar cearense, essencialmente nordestino. Um livro, uma música, uma paisagem, um afeto, uma conversa de rua, um súbito estado de espírito, tudo se prestará ao texto", contou.

Lira é cearense, nascido em Fortaleza, mas há muito tempo mora em Portugal, por isso, para ele, o espaço será uma oportunidade mútua de exercitar o reencontro. "Minha cearensidade denuncia-se por uma certa aversão às formalidades, pela recusa às asperezas e ridicularias das pompas e dos ritos. É assim que sou - é assim que escrevo", pontua.

Quem vai se unir a Lira é a jornalista, mestre e doutora em estudos de literatura, Socorro Acioli. Também vencedora do prêmio Jabuti e tradicional cronista, ela ressalta que oferecerá ao leitor novos olhares para o cotidiano através da crônica. "É o espaço para olhar o que não é aparente e, às vezes, a realidade apresenta coisas que o senso comum mostra de um jeito, mas que o olhar da literatura, da arte, vê um pouco além. E o mais importante: deixar a crônica como uma janela aberta para o leitor".

Socorro Acioli
Legenda: Socorro Acioli

Discussões

Na área da Política, o jornalista Xico Sá passa a integrar a equipe de colunistas, trazendo um olhar mais regional. "Tratarei dos temas nacionais (da política aos costumes) com um olhar de um cronista do Nordeste. Desconstruir a ideia caricata ou exótica de que o Sudeste tem da nossa região também será um tema recorrente", afirma.

Xico Sá
Legenda: Xico Sá

Xico não esconde a ansiedade por publicar a primeira coluna no Diário do Nordeste. "Até parece que estou começando no ramo, mas o fato de ser um jornal da minha terra dá mesmo um bom friozinho na barriga. Emocionante".

Junta-se a ele para falar sobre os temas da Política o escritor Ruy Câmara. Sociólogo e especializado em dramaturgia para teatro, cinema e televisão, Ruy disse que pretende escrever uma coluna mais literária do que jornalística. "Tematizando com estilo a política e outros temas de interesse que dizem respeito a todos nós; uma coluna que permita ao leitor refletir a partir das suas próprias interpretações sobre a realidade, o cotidiano e o entorno".

Ruy Câmara
Legenda: Ruy Câmara

Comportamento

Nomes de peso também não vão faltar para discutir a sociedade, suas questões e comportamentos. Um deles é o produtor cultural, Preto Zezé. Ele criou o Movimento Cultura de Rua e passou a atuar pelos direitos de quem mora na favela, tornando-se referência no assunto, em busca de uma agenda positiva.

Preto Zezé
Legenda: Preto Zezé

"Vou levar inovação, criatividade e um olhar sobre a potência das favelas, tentando construir uma perspectiva que o estigma que recai sobre o estereótipo se transforma em carisma, trazendo inteligência desse povo que transforma a dificuldade em oportunidade e a favela não é carente, é potente", ressalta.

Nessa discussão sobre as questões sociais, a professora Zelma Madeira vai agregar muito ao time de colunistas. Doutora em Sociologia, ela é estudiosa de questões como gênero, religião de matriz africana e relações étnico-raciais.

Zelma Madeira
Legenda: Zelma Madeira

"Minha intenção é levar a discussão de um tema que tem sido desprezado na história do Brasil que é a questão racial, trabalhar os eixos que estruturam a sociedade brasileira. Também falar das mulheres, da população negra, da dimensão do racismo como fenômeno planetário, essa dimensão mais sociológica", destaca Zelma.

O ator, diretor e dramaturgo Silvero Pereira vai adicionar nesse caldeirão outro assunto relevante, para quebrar qualquer tipo de preconceito: a cultura LGBTQI+. Além disso, vai abordar com propriedade tudo sobre o universo da arte e do teatro. "Essa é a minha estreia como colunista e desejo, através deste espaço, construir diálogos sobre produções culturais, artísticas e o universo LGBTQIA+. Vou colocar em prática a escrita e a leitura como instrumentos de reflexão e provocações, agora em um outro palco".

Silvero Pereira
Legenda: Silvero Pereira

Digital

O Diário do Nordeste tem anunciado novas estratégias, focadas no mercado digital, que chegam com a qualidade já conhecida do Sistema Verdes Mares. Nesse novo momento, o leitor terá acesso a mais conteúdos, em diferentes plataformas digitais, em áreas como política, economia e esportes. O fortalecimento do elenco de colunistas é parte da meta de oferecer mais análises especializadas.


Assuntos Relacionados