Duro de aguentar

Confira a coluna deste domingo (26) do comentarista Wilton Bezerra

Atletas de Ceará e Atlético-GO disputam bola
Legenda: O Ceará saiu atrás do placar e buscou o empate contra o Atlético-GO na Arena Castelão
Foto: Fabiane de Paula / SVM

O jogo Ceará 1x1 Atlético-GO não foi duro como o placar igual pode sugerir.

O jogo foi duro de aguentar, pelo fraquíssimo futebol das duas equipes.

Coletiva e individualmente, Ceará e Atlético tiveram os mesmos problemas.

Nenhuma estrela brilhou, para iluminar o jogo. Vina, no Ceará, tem tido uso decorativo, com essa história de lampejos que podem decidir.

O time goiano só marcou o seu gol, com Jorginho, porque Nino escorregou e não cortou o cruzamento.

O alvinegro voltou para o segundo tempo com Zé Roberto e Erick.

O segundo empatou o jogo, animou um pouco o movimento pelo lado direito,  mas durou pouco, como as espumas. 

O outro chute no gol ocorreu com Zé Roberto, nos minutos finais. Goleiro do Atlético fez uma bela defesa.

De resto, muitas faltas, passes errados, falta de prazer (ou de pernas) de jogar.

Duro dizer que o Ceará perdeu mais dois pontos dentro de casa.

Alegoria ao desalento.