OAB-CE inicia escolha de novos desembargadores do Tribunal de Justiça; veja datas

Edital foi publicado pela entidade nessa segunda-feira (17)

Legenda: OAB-CE lançou edital para a indicação dos nomes ao TJ
Foto: Thiago Gadelha

Em meio à polêmica que ronda a Ordem dos Advogados do Brasil Secção Ceará (OAB-CE), por conta na mudança de regras que envolvem as indicações dos nomes para as duas vagas de desembargador no Tribunal de Justiça do Ceará, a entidade publicou edital, nessa segunda-feira (17), que inicia os trâmites regimentais.

A partir desta terça-feira (18) começa a ser contabilizado um período de quinze dias corridos para o ínicio das inscrições dos advogados que pretendem se tornar desembargadores.

No edital, a previsão é que o prazo para a apresentação do pedido de inscrição ocorrerá entre o dia 3 e 22 de fevereiro de 2022, com encerramento às 18 horas. Ao todo, 12 nomes devem ser indicados pela classe para análise dos desembargadores.

A polêmica é que na semana passada, a instituição resolveu alterar o regimento restringindo a participação dos advogados na escolha duas listas sêxtuplas. A alteração nas regras causou insatisfação em parte da categoria.

Pela regra anterior, todos os advogados eram consultados sobre os nomes a serem indicados. Com a mudança, essa discussão fica restrita ao Conselho da Ordem.

O Tribunal de Justiça vai receber duas listas, cada uma com seis nomes. Em seguida, os desembargadores fazem o primeiro pente fino e encaminham uma quantidade mais enxuta de profissionais (lista tríplice) para o governador Camilo Santana (PT) dar a palavra final.

Novas vagas

No ano passado, um projeto de lei enviado pelo TJ-CE à Assembleia Legislativa foi aprovado com o objetivo de criar novas vagas de desembargadores. A quantidade de magistrados vai passar de 43 para 53. Dessas, duas serão indicadas pela OAB-CE.

A Constituição brasileira determina que 20% das vagas nos tribunais sejam ocupadas por membros do Ministério Público e da Advocacia.

O longo processo para a definição dos novos membros do Tribunal é, sobretudo, uma disputa política, em que o candidato precisa mostrar influência dentro da categoria, na Corte e no Palácio da Abolição. 

Haja saliva!

 

 

 

 

 

 

 



Assuntos Relacionados