'Foi uma demonstração clara de que o PDT não queria o apoio do PT', diz Luizianne Lins sobre PDT

O PDT escolheu o ex-prefeito Roberto Cláudio como pré-candidato a governador

Legenda: A deputada federal é uma das principais críticas da gestão do ex-prefeito Roberto Cláudio
Foto: Thiago Gadelha

A deputada federal Luizianne Lins (PT) declarou que a decisão do PDT de indicar o nome do ex-prefeito Roberto Cláudio como pré-candidato ao Governo do Estado "foi uma demonstração clara de que o PDT não queria o apoio do PT".

A ex-prefeita de Fortaleza reforçou a tese de que o partido não apoiaria o nome do ex-prefeito para a sucessão estadual.

"Isso foi dito pelos dirigentes partidários, foi dito pelo presidente estadual do PT, foi dito pelo próprio ex-governador Camilo", disse à coluna.

Além do PT, os partidos MDB e PP não devem integrar o apoio a Roberto Cláudio. PT, MDB, PP, PV e PCdoB devem conversar a semana inteira para definir os rumos.

A deputada espera que a definição do PT seja por candidatura própria. 

"Em boa parte que se manifestou do PT tinha muita clareza de que sendo o nome o Roberto Cláudio o PT ia buscar um espaço próprio e acredito que assim seja", disse.

Reação

A governadora Izolda Cela (PDT) reagiu nas redes sociais a decisão do PDT sobre a pré-candidatura.

"Meu partido PDT decidiu hoje, em reunião de diretório, que não terei o direito a concorrer à reeleição. Respeito a decisão. Seguirei firme, com força e coragem, honrando meu mandato e trabalhando muito pelo nosso Ceará. Sempre com respeito e verdade. A luta continua!", disse a governadora.



Assuntos Relacionados