Startup cearense Mobills aguarda confirmação de venda à Toro e projeta crescimento de 120% em 2021

Segundo o CEO da empresa, que atua no mercado de finanças pessoais, a empresa deverá manter o ritmo de crescimento nos próximos anos

fotografia
Legenda: O app Mobills reúne informações sobre contas, cartões, investimentos, despesas e renda.
Foto: Divulgação

Vivendo a expectativa da confirmação de venda para a Toro (plataforma de investimentos do Santander Brasil), a Mobills vem apresentando bons resultados neste ano, com projeções positivas para o futuro. Segundo Carlos Terceiro que permanece como CEO da startup cearense, afirmou que a empresa deve registrar 120% de crescimento do faturamento em 2021.  

Além disso, Terceiro projetou que a expectativa é manter essa taxa de evolução nos próximos anos, oferecendo mais soluções tecnológicas para os serviços financeiros da empresa. 

"Neste primeiro momento, estamos tendo trocas muito próximas com a diretoria da Toro como um todo, entendendo qual a melhor decisão e como integrar as marcas, mas continuamos como Mobills, fazendo a integração para que o cliente tenha as melhores opções" 

"Em 2021, devemos crescer mais de 100%, cerca 120%, de faturamento, e em termos de tamanho, começamos com 40 pessoas, mas devemos terminar com 100. E devemos manter esse ritmo nos próximos anos", disse.

A assinatura do contrato de compra da Mobills pela Toro foi assinada em junho, mas ainda aguarda aprovação do Banco Central. 

Estratégia completa  

Segundo o CEO da Mobills, a venda para a Toro deverá proporcionar uma estratégia mais completa para a startup, que, integrada, à plataforma de investimentos, deverá trabalhar o "ciclo completo".

Terceiro explicou que o objetivo é trabalhar com o cliente desde a fase de organização das finanças pessoais, pagamento de dívidas e planejamento de gastos, até a entrada no mundo dos investimentos.

"O que temos de planejamento atual é que, atuando com uma corretora, vamos trabalhar desde o começo do ciclo do cliente na questão da gestão financeira, indo desde organizar as contas, pagar as dívidas, até os investimentos", disse Terceiro. 

"Estamos lançando integrações do nosso aplicativo com todos os bancos, também, isso deve ser uma boa ferramenta para ajudar as pessoas a lidar com essa questão das finanças pessoais", completou. 

Valores 

Apesar da confirmação da venda, ainda não há confirmação do valor da transação pela compra. Mas  o CEO da Mobills garante que a Toro adquiriu 100% da empresa cearense. 

Ainda assim, Terceiro garante que as estratégias de mercado da Mobills não devem ser alteradas por enquanto, com a startup mantendo a perspetiva de investimentos para avanços tecnológicos e soluções de engenharia. Dos pouco mais de 40 funcionários da empresa, 60% são das áreas de engenharia e tecnologia. 

A previsão é que a startup termine o ano com mais de 100 colaboradores, confirmando as perspectivas de crescimento atual para os próximos anos. 

O que é a Mobills

A Mobills é uma startup cearense que oferece serviços e um sistema de controle financeiro pessoal online de forma descomplicada. A empresa foi fundada em 2014 por David Mosiah e Carlos Terceiro. A fintech cearense já conta com mais de 30 milhões de downloads dos aplicativos ofertados. 

 



Assuntos Relacionados