40% dos funcionários da Saaec devem ser integrados à operação da nova empresa de saneamento no Crato

Previsão foi confirmada pelo diretor-executivo da Ambiental Crato, Renee Chaveiro

Legenda: Ambiental Crato tem intenção de assimilar 40% dos funcionários da Saaec
Foto: Divulgação

Quase metade dos profissionais que, hoje, integram a Saaec (S/A de Água e Esgoto do Crato) deverão ser assimilados nas operações da Ambiental Crato, empresa do grupo Aegea que detém a concessão do projeto de saneamento na cidade. A perspectiva foi confirmada Renee Chaveiro, diretor-executivo da empresa em entrevista exclusiva à coluna. 

Segundo ele, a ideia é aproveitar os conhecimentos dos profissionais que já conhecem os sistemas na região e conceder os treinamentos necessários para implementação dos sistemas e modelos de negócios da Ambiental Crato no futuro.

A estimativa inicial é assimilar cerca de 40% do quadro atual da Saaec, focando nas áreas de atendimento, esgotamento sanitário, tratamento, e comercial. 

"Tivemos rodadas de conversas com os setores e tão logo definirmos a data de início, elas são integradas. Cerca de 40% do pessoal da Saaec deve se integrar à Ambiental Crato", afirmou Renee.

Sede e quadro profissional

Já contando com o número de profissionais que migrarem da Saaec, a Ambiental Crato deverá contar com um quadro de 60 profissionais operando na cidade do Cariri. Eles deverão ocupar a sede administrativa e uma loja da empresa, que contaram com um investimento de R$ 1 milhão.

Vagas indiretas e obras  

O número de empregos gerados, considerando vagas diretas e indiretas, no entanto, deverá ser mais de cinco vezes superior, segundo Renee Chaveiro. Durante o pico das obras, a estimativa é que sejam gerados mais 300 empregos indiretos

"Entre o setor administrativo e o campo, serão 60 colaboradores, e à medida que o atendimento for expandindo esse número pode crescer. Mas serão criados, no pico do projeto, 300 empregos indiretos, relacionados às obras", disse Renee.