Fortaleza e Ceará precisam se atentar a critérios de desempate 'nada amigos' na Liberta e Sula

Terceira e quarta regra de desempate podem ser pedra no sapato de times cearenses

Taças da Copa Libertadores e Sul-Americana
Legenda: Regulamentos das Copas Sul-Americana e Libertadores 2022 foram divulgados
Foto: Conmebol

A Libertadores de 2022 e a Copa Sul-Americana tiveram regulamentos divulgados aos clubes, e a Conmebol manteve dois critérios de desempate nada bacanas para Fortaleza e Ceará na fase de grupos da competição.

O primeiro deles é o saldo de gols, o segundo é o número de gols marcados. Até aí tudo certo. São as regras de desempate normais de todas as competições.

Mas a terceira e a quarta prometem ser pedras no sapato dos times cearenses em competições internacionais.

Critérios de desempate na fase de grupos da Libertadores e Sul-Americana

 

  1. Saldo de gols
  2. Gols marcados
  3. Gols marcados fora de casa
  4. Ranking da Conmebol

 

O terceiro critério de desempate é o número de gols marcados fora de casa. O torcedor menos atento pode até achar que ele não é problema, mas trago um dado histórico assustador. Sabe quantos gols fora de casa Ceará e Fortaleza já marcaram em competições internacionais? Nenhum.

Tudo bem que foram apenas 4 jogos (3 do Ceará e 1 do Fortaleza), mas nenhum cearense balançou as redes em jogos oficiais fora do Brasil. Certamente essa estatística deve melhorar. Benzadeus!

Critério totalmente adverso

 

O 4º critério de desempate é o pior de todos, principalmente para o Fortaleza. O motivo é que nele o Tricolor de Aço já perdeu, independente de qualquer cenário e adversário. Trata-se da colocação no ranking da Conmebol, em que o Leão cearense é o pior time ranqueado da competição (por ter pouco histórico em torneios internacionais).

O Ceará, por ter jogado a Sul-Americana em 2021, deve ter colocação melhor que alguns clubes, mas também fica atrás de boa parte. Essa noção só teremos após o fim da fase preliminar do torneio.