Sesa proíbe venda de bebidas alcoólicas em eventos esportivos no Ceará, incluindo jogos de futebol

Decisão vai na contramão da flexibilização de outras medidas

Copo de bebida sendo segurado no estádio
Legenda: Comercialização de bebidas em estádios gera polêmica no futebol
Foto: Kid Júnior

O governador Camilo Santana anunciou nesta sexta-feira (29) o novo decreto que amplia para 80% capacidade de público nos estádios de futebol do Ceará. Porém, o novo protocolo da Secretaria de Saúde (Sesa) estabelece a proibição da venda de bebidas alcoólicas nos eventos esportivos, incluindo jogos de futebol.

No documento, ao qual a Coluna teve acesso com exclusividade, é destacado no item 4 das normas gerais que "fica proibida a venda de bebidas alcoólicas dentro das arenas esportivas e no seu entorno durante e após os jogos das competições esportivas".

Legenda: Trecho do protocolo que proíbe venda de bebidas
Foto: Reprodução/DN

A decisão acata recomendação conjunta do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público do Trabalho (MPT), que orientaram a proibição da venda de bebidas alcoólicas nos estádios enquanto durar a pandemia.

Porém, descumpre a lei estadual que libera bebidas nos estádios.

Será um empecilho a mais para a retomada de bons públicos aos estádios, mesmo com a capacidade agora de 80%.

A decisão vai na contramão da flexibilização de medidas que estão sendo adotadas, já que nos últimos jogos houve venda de bebidas alcoólicas normalmente. Agora, outras bebidas serão comercializadas, menos a cerveja.

O acesso aos jogos segue sendo permitido somente para quem já tem comprovadamente o ciclo vacinal completo. Além disso, dentro do estádio, todos devem cumprir todas as demais medidas necessárias.

O estádio de futebol é um ambiente aberto e muito mais controlado que outros.

Além de que não há restrições para a venda de bebidas alcoólicas nos jogos de futebol em nenhum outro estado do Brasil e em nenhum outro tipo de evento no Estado do Ceará. Ao contrário, até festas já estão sendo realizadas. E com bebidas.

Difícil entender.