Fortaleza marcou quase um terço dos gols na temporada em jogadas de bola parada

Tricolor tem mostrado bom aproveitamento neste recurso em 2021

Lucas Crispim cobrando falta e observado por Pikachu
Legenda: Lucas Crispim é o cobrador oficial de faltas no Fortaleza
Foto: Thiago Gadelha/SVM

O Fortaleza tem se mostrado um time com muitas alternativas. Tem uma maneira interessante de atacar e defender, e apresenta inteligência para aproveitar situações de jogo para vencer partidas. Um dos recursos cada vez mais decisivos no futebol e que tem sido muito bem aproveitado pelo time de Vojvoda é a bola parada. Prova disso é que o Tricolor marcou quase um terço dos gols na temporada em jogadas originadas de bola parada.

Ao todo, o Leão do Pici marcou 71 gols em 2021, e 23 deles foram a partir de lances de bola parada. O número corresponde a 32% do total. Foram 10 de falta, sete de escanteio, três de pênalti e três de lateral. Sim, o Fortaleza marcou três gols a partir de cobranças de lateral! (o mais chamativo foi o de Yago Pikachu, contra o Internacional).

E a bola parada tem sido ainda mais decisiva nas partidas recentes. Nos últimos seis jogos, o Fortaleza balançou as redes adversárias nove vezes e cinco delas foram em lances deste tipo (55%).

Wellington Paulista cobrando pênalti
Legenda: Wellington Paulista é o cobrador oficial de pênaltis no Fortaleza
Foto: Thiago Gadelha/SVM

Um dos grandes trunfos neste aspecto é o meia Lucas Crispim. O camisa 10 tem grande qualidade na batida e é o cobrador oficial de faltas e escanteios.

Recentemente, deu assistências para gols de Robson (contra o São Paulo) e Marcelo Benevenuto (contra o Palmeiras). Ele é o líder em assistências do Tricolor na temporada, com oito passes para gols.

Fato que o jogo de futebol vai muito além da bola parada. Mas quem domina e se aproveita bem deste recurso tem boas possibilidades de conseguir levar vantagem em confrontos mais equilibrados em que os detalhes fazem a diferença. E o Fortaleza faz isso.