Ceará de Guto Ferreira mostra competitividade e entrega resultados em ótimo início de Série A

O Alvinegro pode não realizar jogos vistosos, mas consegue entregar resultados e faz excelente início de Brasileirão

Wendson comemora gol marcado pelo Ceará
Legenda: Wendson marcou gol da vitória sobre o Athletico-PR e se credencia a mais minutos em campo pelo Ceará
Foto: Kid Junior/SVM

Recentemente falei sobre a necessidade do Ceará de Guto Ferreira ser mais ambicioso em determinados momentos. Este pensamento permanece. Mas é preciso destacar, também, que não é fácil passar oito rodadas seguidas sem perder no Brasileirão. Esta invencibilidade é uma marca construída, acima de tudo, com muita competitividade, a característica mais marcante do Vovô de Gordiola. É um time que pode não realizar jogos brilhantes, com atuações vistosas, mas inegavelmente entrega resultados.

Com a vitória por 1 a 0 sobre o Athletico-PR, neste sábado (17), chegou a 18 pontos em 12 rodadas e estabeleceu um início excelente na competição, tanto que entrou no G-6, embora precise secar os adversários para se manter.

O duelo contra o Furacão foi mais uma prova dessa competitividade. O jogo foi tecnicamente fraco, sem muita inspiração de ambos os lados. Mas em cenários como este, o Ceará se mostra um time que consegue pontuar. Em 10 de 12 rodadas o Vovô deixou o campo com ao menos um ponto.

Na peleja deste sábado, foi ainda o time que teve as melhores chances de gol, obrigando o goleiro Bento a realizar um verdadeiro milagre em chute de Clebão e fazer outras três boas defesas posteriormente. E ainda teve bola na trave do centroavante.

Redescobrindo o elenco

Cléber protege bola de adversário
Legenda: Cléber é o centroavante titular do Ceará
Foto: Kid Junior/SVM

Outro mérito inegável de Guto é o de redescobrir alternativas dentro do próprio elenco do Ceará. Diante dificuldades, como saídas de jogadores importantes e a diminuição de alternativas por conta de lesões e suspensões, o comandante alvinegro vai conseguindo encontrar opções que vão dando resposta positiva.

Gabriel Lacerda na zaga. Buiú na lateral-direita. Marlon como volante titular. E agora Wendson, entrando no 2º tempo e decidindo o jogo, sendo herói da partida, garantindo três pontos importantíssimos e se credenciando a virar uma peça cada vez mais utilizada.

O elenco do Ceará ainda precisa claramente de reforços. Ainda mais com os desfalques, o cenário fica ainda mais complicado. Isso também deve ser levado em consideração ao se analisar o contexto ao qual o Ceará está inserido atualmente.

E com estas dificuldades, Guto tem conseguido ainda manter a competitividade. Mérito dele também.