Análise: elenco do Ceará dá mais uma resposta positiva em prova de fogo contra valente Ferroviário

Mesmo sem fazer jogo brilhante, reservas do Ceará venceram o Ferroviário por 3 a 0 e asseguraram vaga do Vovô na decisão do Campeonato Cearense

Zagueiro Klaus de braços abertos comemora gol do Ceará
Legenda: Klaus marcou o primeiro gol do Ceará no jogo
Foto: Kid Junior/SVM

O Ceará venceu o Ferroviário por 3 a 0 nesta quarta-feira (19) e é finalista do Campeonato Cearense. O placar ficou dilatado para o que foi o jogo. O duelo não teve tanta disparidade e superiorida de do Alvinegro como o resultado final pode sugerir. Mas é fato que, independente disso, o elenco do Vovô deu mais uma resposta positiva em uma prova de foto contra um adversário valente, organizado e que vendeu caro o resultado, que foi o Ferroviário.

Assim como já havia sido contra o Bolívar, pela Copa Sul-Americana, e em outras ocasiões do próprio Estadual, contra adversários mais frágeis, os reservas do Vovô deram uma boa resposta.

Aviso ao torcedor alvinegro que não viu o jogo: a resposta positiva é mais ligada ao resultado e não significa atuação excelente. O desempenho do Ceará estava longe de ser brilhante até os 29 minutos do 2º tempo, quando Klaus cabeceou para as redes abrindo o placar.

O lance mudou totalmente o cenário da partida, obrigando o Tubarão da Barra a se lançar mais e se expor, e aí sim o Ceará foi inteligente e eficiente para matar o jogo. Mas há o mérito logo no primeiro gol, que foi um aproveitamento de jogada de bola parada, que é um trunfo desta equipe de Guto Ferreira já há um bom tempo.

Entraram e resolveram

Saulo dança comemorando gol
Legenda: Saulo Mineiro saiu do banco de reservas para marcar dois gols
Foto: Kid Junior/SVM

A prova de que o jogo não se desenhou com facilidade é que a situação só ficou mais tranquila com as entradas de Saulo Mineiro e João Victor. Os dois atletas saíram do banco para resolver a partida.

O garoto, de apenas 17 anos, participou dos três gols, criando o lance de escanteio no primeiro e dando assistência para Saulo Mineiro marcar os outros dois.

O camisa 73, inclusive, mostrou faro artilheiro para anotar o segundo do Ceará no jogo e muita força, velocidade e explosão em arrancada incrível do meio de campo para fechar o placar. Saulo se isolou ainda mais na artilharia do Vovô na temporada, com seis gols marcados.

Valente (e prejudicado) Ferroviário

Adilson Bahia chuta e bola passar por João Ricardo
Legenda: Ferroviário chegou a abrir o placar, mas arbitragem anulou o lance por impedimento. Erro grave, já que Adilson Bahia estava em posição legal
Foto: Kid Junior/SVM

O Ferroviário foi valente e, mesmo jogando com o empate, poderia ter vencido o jogo. Saiu na frente do placar, aos 13 minutos, com gol de Adilson Bahia, mas a arbitragem anulou marcando impedimento. Erro grave. O atacante coral estava em posição claramente legal. O Tubarão foi prejudicado.

O time Coral se portou de forma organizada, defendendo bem e sem permitir chances claras ao Ceará, que teve dificuldades para ameaçar o gol de Serjão. Os comandados de Francisco Diá mostraram organização e comprometimento com o plano de jogo. Acontece que o Ferrão sentiu o gol.

Quando precisou se expor para tentar o empate, acabou deixando espaços para os contra-ataques do Ceará.

Mesmo com a derrota por 3 a 0, o Ferroviário deixa o Estadual com uma boa campanha e a expectativa de que possa, na Série C do Campeonato Brasileiro, seguir fazendo bonito. Tem totais capacidades para isso.