Vice-presidente do Flamengo revela que Rogério Ceni foi contratado em "quase quatro horas"

Técnico fechou com o rubro-negro há duas semanas após demitir Domenec Torrent

Legenda: "Acredito muito no trabalho dele", afirmou Braz
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O vice-presidente do Flamengo, Marcos Braz, revelou nesta segunda-feira (23), em entrevista ao programa Arena SBT, que o clube rubro-negro fechou com o Rogério Ceni, então técnico do Fortaleza, em "quase quatro horas".

"Foi quase isso (quatro horas), quase isso. Quando entendemos que poderíamos de fato ir adiante, tomamos as medidas e deu tudo certo", disse o dirigente."

O treinador foi anunciado pelo Fla no dia 10 de novembro, no dia seguinte à demissão do catalão Domenec Torrent. Segundo Braz, a negociação com Ceni foi veloz e tranquila.

"Acho que quando decidimos a troca de treinador, fizemos de uma maneira rápida e, dentro do possível, segura. Fomos precisos e o Rogério está aqui dentro e estou me dando muito bem e acredito muito no trabalho dele", comentou o vice.

Para o FLA TV, o novo técnico afirmou que a única exceção para sair do Fortaleza antes do fim da temporada seria por uma proposta do clube carioca.

"Eu não queria começar um trabalho no meio da temporada. Mas a única exceção que eu abriria, e já tinha falado para minha comissão técnica, seria uma proposta do Flamengo. Aí nós começamos a conversar. Foi uma proposta de trabalho fantástica. Estar aqui não tem nada a ver com o financeiro, mas, sim, pela oportunidade de ser campeão. A partir daí, decidi que o caminho seria vestir vermelho e preto", falou Ceni durante a entrevista.

O treinador comandou o time em quatro jogos até o momento e conquistou apenas uma vitória (Coritiba). Nesta terça-feira (24), encara o Racing/ARG pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados